Boca poupa estrelas na Libertadores

O bicampeão Boca Juniors recebe o Montevidéu Wanderers nesta quarta-feira à noite em Buenos Aires, e tenta se isolar na liderança do Grupo 6 da Libertadores da América. As duas equipes lideram o grupo com quatro pontos. Santiago Wanderers (CHI) ocupa a terceira posição com dois pontos e o Emelec, do Equador, é o último colocado, sem nenhum ponto até aqui. O técnico do Boca, Oscar Tabárez, diz que seu time vai para a partida tentando garantir a liderança isolada do grupo, mas na verdade, os jogadores estão mais preocupados com a partida de domingo, contra o arqui-rival River Plate, pelo Torneio Clausura. Pensando no River, o técnico decidiu poupar vários titulares e assim, Riquelme ficará de fora mais uma vez. Maior estrela do Boca, o meio-campista ainda não jogou na Libertadores deste ano. Também não devem atuar o volante colombiano Mauricio Serna, os atacantes Guillermo Schelotto e Marcelo Delgado, e os defensores Diego Crosa (contundido) e Clemente Rodríguez. O Boca começou a Libertadores com um decepcionante empate sem gols diante do Santiago Wanderers, porém se recuperou na segunda rodada e venceu o Emelec na casa do adversário por 2 a 1. O time uruguaio venceu o Emelec por 3 a 1 em casa e empatou com o Montevidéu Wanderers por 1 a 1 em Viña del Mar. A partida, marcada para o estádio La Bombonera, será dirigida pelo árbitro brasileiro Carlos Eugênio Simon.

Agencia Estado,

05 Março 2002 | 16h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.