Bola do milésimo de Pelé em xeque

Quem foi à exposição Pelé - A Arte do Rei, em cartaz no Masp desde de 2 de fevereiro, certamente viu logo na entrada o módulo do milésimo gol. Nele, ao lado de uma frase de Carlos Drummond de Andrade enaltecendo o feito, estão uma rede e uma bola. Ambas seriam remanescentes de 19 de novembro de 1969, quando, em uma partida entre Santos e Vasco, no Maracanã, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé marcou seu gol de número mil. ?A rede pode ser do gol, mas a bola não?, diz Jô Clemente, a presidente da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de São Paulo (Apae-SP). Leia mais no Jornal da Tarde

Agencia Estado,

28 Março 2002 | 10h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.