Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Bom rendimento do Corinthians neste início de ano surpreende Tite

Técnico não imaginava alcançar este estágio em apenas dois meses

Raphael Ramos, O Estado de S. Paulo

02 Março 2015 | 12h56

Após 11 jogos de invencibilidade, Tite admitiu nesta segunda-feira que está surpreso com o desempenho do Corinthians neste início de temporada. O treinador admite que a equipe ainda tem muito a melhorar, mas reconhece que o time já atingiu um bom nível de rendimento com menos de dois meses de trabalho.

"O estágio de evolução está acima do que eu imaginava e agora vou cobrar esse nível dos jogadores. Mas o time ainda tem muita coisa para crescer. Tem muita coisa para frente, como entrosamento, bola parada e a opção de jogar com dois pivôs (Guerrero e Vagner Love) para ser mais agressivo", disse o treinador em entrevista coletiva no CT do Parque Ecológico.

Cauteloso, Tite acredita, no entanto, que o Corinthians, atingirá o seu ápice apenas no segundo semestre. "Estamos em um processo de consolidação de equipe. Às vezes a equipe demora 50 jogos para se consolidar. A afirmação de uma equipe vem com a repetição de desempenho", disse.

O Corinthians colocará o seu bom momento à prova na quarta-feira, contra o San Lorenzo, em Buenos Aires, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. As duas equipes estrearam com vitória no torneio. A partida será disputada sem a presença de torcida porque o time argentino foi punido pela Conmebol. E Tite pede atenção redobrada aos seus jogadores. 

"Aquele clima, o grito, se perde um pouco. Mentalmente forte é o atleta capaz de tirar tudo que vem de fora, como imprensa, torcida, e arbitragem. Quando o jogador consegue fazer com que isso não interfira, ele está mais perto de ter um bom desempenho", disse Tite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.