1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Bósnios prometem despedida honrosa da Copa contra Irã

FERNANDO FARO - Agência Estado

24 Junho 2014 | 13h 18

As derrotas contra Argentina e Nigéria tiraram qualquer chance de classificação da Bósnia no Grupo F da Copa do Mundo. Ainda assim, os jogadores querem apagar os maus resultados e afirmam que pretendem entrar em campo nesta quarta-feira contra o Ira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, para vencer e, dessa forma, conquistar a primeira vitória do país em Mundiais.

O técnico Safet Susic não escondeu a decepção com os resultados, mas não poupou críticas à arbitragem pelo gol mal anulado de Dzeko contra a Nigéria quando a partida ainda estava 0 a 0. Os africanos acabaram vencendo por 1 a 0 e mantêm chances de conquistar a segunda vaga na chave.

"Até aqui as coisas não evoluíram como esperávamos. Infelizmente, se tivéssemos tido mais sorte e jogado melhor, e se os árbitros tivessem tomado decisões mais lógicas, jogaríamos amanhã valendo vaga. Peço desculpa se desapontamos alguém, mas é nossa estreia, e vendo outras seleções que jogaram uma excelente Copa até aqui, eu me pergunto se jogamos nosso melhor", analisou o treinador.

Susic deve fazer diversas alterações para a partida para dar oportunidades ao máximo possível de atletas. Mesmo jogando contra o Irã, que tem possibilidade de conquistar uma vaga (precisa bater os bósnios e torcer para a Argentina vencer a Nigéria), os jogadores prometem dificultar a vida do adversário.

"Foi uma grande experiência, mas é frustrante ter que arrumar as malas e ir embora antes. Mas quem acha que entraremos em campo como turistas está enganado, vamos mostrar armas do nosso arsenal que infelizmente ainda não foram apresentadas até agora", disse o capitão Emir Saphic.

Copa 2014