Botafogo enfrenta o Estudiantes por primeiro lugar do grupo na Libertadores

Equipe carioca está na segunda colocação do Grupo 1, com 10 pontos ganhos

Estadao Conteudo

25 Maio 2017 | 06h34

Já classificado às oitavas de final da Copa Libertadores, o Botafogo entra em campo nesta quinta-feira para enfrentar o Estudiantes, da Argentina, às 21h45 (de Brasília), no estádio Centenário de Quilmes, em Buenos Aires. O confronto definirá a colocação dos cariocas no Grupo 1.

Com 10 pontos, o Botafogo ocupa a segunda colocação, atrás do Barcelona, de Guayaquil (Equador), que possui a mesma pontuação, mas leva vantagem nos critérios de desempate. A maneira mais fácil para os botafoguenses terminarem na liderança é em caso de vitória somada ao empate ou derrota dos equatorianos, que enfrentam o Atlético Nacional, na Colômbia, no mesmo horário.

Diante da importância da partida, o técnico Jair Ventura mandará para campo o que tem de melhor. O treinador, contudo, conta com diversos desfalques. O meia argentino Montillo e o zagueiro Emerson Silva seguem no departamento médico, já o meia Camilo sofre com um incômodo e será poupado e o atacante Rodrigo Pimpão, por sua vez, está suspenso.

O comandante falou sobre o embate. "Agora é buscar o primeiro lugar do grupo. Respeitamos o Estudiantes, uma equipe forte, mas vamos atrás da vitória. Decidir em casa é melhor, poder jogar pelo resultado que tem em mãos. Ainda mais com a força da nossa torcida. Então é isso que vamos buscar", disse.

Do outro lado, o técnico Nelson Vivas também tem problemas para escalar o Estudiantes. Jonathan Schunke está fora da partida por suspensão. Já Santiago Ascacíbar, Lucas Rodríguez e Juan Foyth foram convocados pela seleção argentina sub-20 para a disputa do Mundial da categoria. Com seis pontos, a equipe já não tem mais chances de avançar de fase, mas precisa ao menos do empate para ficar na terceira colocação e garantir vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana.

Mais conteúdo sobre:
futebol Libertadores Botafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.