Vitor Silva/ SSPress/ Botafogo
Vitor Silva/ SSPress/ Botafogo

Botafogo recebe o Atlético-PR motivado por disputa carioca pela Libertadores

Somando 51 pontos, equipe ocupa a quinta colocação no Brasileiro e vem sendo perseguida por dois de seus rivais

Estadao Conteudo

11 Novembro 2017 | 07h18

Pressionado por dois de seus principais adversários, o Botafogo faz neste sábado um duelo importante contra o Atlético Paranaense, às 17 horas, no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ Cinco meses após se aposentar, Montillo anuncia que voltará em 2018

+ Presidente do Botafogo assina contrato para compra do Centro de Treinamento

Em quinto lugar com 51 pontos, o Botafogo estaria classificado à Copa Libertadores se o campeonato terminasse hoje. Mas vem justamente sendo perseguido por dois de seus rivais: o Flamengo, sétimo com 50 e que também estaria garantido, e o Vasco, oitavo com 48.

"Essa disputa é boa para o Rio de Janeiro. Mas temos que focar em nós, fazendo o trabalho sem ficar pensando nos outros", alertou o lateral-direito Arnaldo, avaliando a possibilidade do Botafogo se classificar para a sua segunda Libertadores consecutiva, algo inédito na história do clube.

E, para obter o feito, o meia-atacante Marcos Vinícius avisa que o Botafogo precisa encarar cada uma das cinco partidas restantes como se fosse uma decisão. "Temos que encarar esses cinco jogos como verdadeiras finais. A gente estava disputando várias competições e acabou atrapalhando um pouco", ponderou.

Destaque nas últimas partidas e autor de um dos gols na vitória sobre o Sport por 2 a 1, Marcos Vinícius seguirá entre os titulares. A única mudança confirmada na equipe é a saída do zagueiro Igor Rabello, suspenso. Marcelo e Emerson Silva disputam a vaga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.