1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Botafogo toma 2 gols de zagueiro artilheiro e perde da Desportiva-ES em amistoso

- Atualizado: 23 Janeiro 2016 | 21h 41

O Botafogo acabou sendo derrotado neste sábado à noite em amistoso de preparação para a temporada de 2016. Atuando no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo, o time foi derrotado por 2 a 1 pela Desportiva-ES. A equipe exibiu deficiência no jogo aéreo ao levar dois gols de um mesmo zagueiro do time da casa, Willyan, que ganhou da zaga adversária no alto em dois cruzamentos e marcou duas vezes de cabeça. Gegê fez o gol botafoguense.

O duelo serviu de preparação para a estreia do Botafogo no Campeonato Carioca, no próximo sábado, contra o Bangu, em Moça Bonita, e acabou sendo um aprendizado para a equipe que anteriormente havia goleado o Domingos Martins, também do Espírito Santo, por 7 a 0, em jogo-treino desta pré-temporada.

O técnico Ricardo Gomes, por sinal, optou por escalar uma equipe titular com a mesma formação que iniciou aquele jogo-treino, mas desta vez o time não conseguiu repetir o bom desempenho e ainda teve de aguentar provocações por parte do adversário e da torcida. Na comemoração dos seus gols, Willyan imitou o gesto que lembrou o "chororô" de 2008, quando o time foi derrotado pelo Flamengo na final da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. Já os torcedores locais gritaram olé no segundo tempo.

Ainda sem contar com os reforços Joel Carli e Gervasio Nuñez, poupados por Ricardo Gomes, o Botafogo sofreu o primeiro gol já aos 11 minutos do primeiro tempo, quando Willyan recebeu escanteio cobrado da esquerda e cabeceou no canto direito de Jefferson, que nada pôde fazer.

Já aos 17 minutos do primeiro tempo, porém, o Botafogo empatou o jogo com um gol de Gegê. Diego recebeu de Luis Ricardo e cruzou. Gegê, livre, chutou de primeira para igualar o placar para o Botafogo.

Na etapa final, entretanto, a Desportiva acabou marcando o gol da vitória aos 13 minutos. E foi em um lance que parecia um replay do primeiro gol, com Willyan subindo sozinho entre os defensores e cabeceando para as redes após completar nova cobrança de escanteio.

O Botafogo atuou também sem o atacante Neilton, lesionado, e Ricardo Gomes optou por escalar apenas Luís Henrique na frente. E a equipe acabou criando muito pouco no setor ofensivo, que teve Ribamar substituindo Luís Enrique na etapa final.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX