Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Brasil dá vexame e é eliminado no futebol masculino do Pan de Guadalajara

Time de Ney Franco perde para a Costa Rica por 3 a 1 e diz adeus ao México

AE, Agência Estado

24 Outubro 2011 | 01h01

GUADALAJARA - A remendada seleção sub-20 que representa o Brasil no futebol masculino do Pan deu vexame neste domingo em Guadalajara e não correspondeu às expectativas depositadas sobre o melhor futebol do mundo. Nesta noite, no Estádio Omnilife, os comandados de Ney Franco foram derrotados pela Costa Rica por 3 a 1 e deram adeus à briga por medalhas no México de forma melancólica. Se serve de consolo, os clubes brasileiros podem comemorar que terão seus atletas de volta uma semana antes que o previsto, ganhando reforços na reta final do Brasileirão.

O Brasil entrou em campo precisando vencer a Costa Rica para se classificar. Como empatara com Argentina e Cuba, tinha apenas dois pontos, na terceira colocação, atrás dos costa-riquenhos. Mas o sonho de uma medalha começou a ruir antes de relógio marcar um minuto de jogo. Bryan Vega abriu o placar.

A seleção brasileira tentou reagir, mas Lucas Zen, capitão da equipe, foi com sede demais ao pote. Numa dividida, foi com a sola da chuteira no pescoço do adversário, sendo expulso com 15 minutos de jogo. O botafoguense havia herdado a braçadeira que era de Romário, zagueiro do Internacional que perdeu o posto (e a titularidade) depois de levar o vermelho contra a Argentina.

O baque foi claramente sentido pelos brasileiros. Aos 20 minutos, McDonald recebeu longo lançamento, recebeu a marcação de dois defensores do Brasil, passou por ambos e encobriu o goleiro César, fazendo um golaço. O atacante é um dos três atletas sub-20 inscritos pela Costa Rica no Pan, mas não é jogador da seleção principal do país.

McDonald teve a chance de fazer o terceiro num pênalti cometido por Frauches ao pôr a mão na bola. O zagueiro do Flamengo imediatamente foi substituído por Sebá, atacante do Cruzeiro. A cobrança do costa-riquenho, porém, carimbou a trave esquerda do Brasil.

Os brasileiros deram a impressão que passaram a acreditar na vitória e chegaram ao primeiro gol com 30 minutos. Cidinho fez jogada pelo meio e encontrou Henrique nas costas da zaga. O melhor jogador do último Mundial Sub-20 mostrou oportunismo e mandou para as redes.

Já com 44 minutos, porém, a Costa Rica fez o terceiro gol, novamente com McDonald, e enterrou de vez as chances de uma reação brasileira. Na segunda etapa, o Brasil mal disfarçou a indisposição.

Nas semifinais, o México, primeiro do Grupo A, joga contra a Costa Rica. A Argentina, que venceu o Grupo B, enfrenta Uruguai ou Trinidad & Tobago - as duas equipes se enfrentam na terça, fechando a primeira fase, e os uruguaios jogam pelo empate.

Notícias relacionadas
Mais conteúdo sobre:
Pan 2011 futebol seleção brasileira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.