Carlos Insaurriaga/GE Brasil
Carlos Insaurriaga/GE Brasil

Brasil de Pelotas supera ABC e confirma a permanência na Série B

Rafinha, Marlon e Cassiano fizeram os gols da equipe gaúcha

Estadão Conteúdo

14 Novembro 2017 | 22h42

Com o apoio de quase dez mil torcedores, o Brasil de Pelotas chegou à sua terceira vitória seguida dentro do estádio Bento Freitas, nesta noite de terça-feira, ao bater o lanterna ABC por 3 a 0, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com direito a charanga, a torcida festejou a manutenção do time pelotense na segunda divisão em 2018.

+ Londrina vence, continua com chances de subir e complica Guarani

+ Sem chance de queda, Criciúma fica no 0 a 0 com o rebaixado Náutico

Após a vitória, o Brasil atingiu os 48 pontos, em posição intermediária, deixando o já rebaixado ABC com 31 pontos e segurando a lanterna. O primeiro tempo foi movimentado e equilibrado, mas na etapa final o time gaúcho imprimiu uma forte pressão e garantiu os gols para confirmar a justa vitória.

O Brasil começou em cima do visitante e abriu o placar logo aos quatro minutos. Após cruzamento, o grandalhão Lincom fez bem o trabalho de pivô, dominou a bola na coxa e depois deu um toquinho para trás para o chute forte de Rafinha. Mas o ABC não se entregou e criou duas boas chances para empatar, com Erivélton e Daniel Nazaré.

Assustado pela disposição do despreocupado rebaixado, o Brasil não se arriscou muito à frente, tanto que o ABC finalizou mais do que os gaúchos nesta etapa inicial. Tudo mudou no segundo tempo, quando o Brasil fez uma forte pressão na saída de bola. Daí matou o jogo.

O segundo gol saiu aos 18 minutos. O lance começou na direita, chegou nos pés de Misael que vislumbrou a descida do lateral Marlon. Ele chutou forte e cruzado para fazer 2 a 0, no canto do goleiro Edson, que já tinha praticado três boas defesas.

Mantendo o ritmo, o Brasil chegou ao terceiro gol aos 26 minutos. Éder Sciola foi até a linha de fundo e tentou o cruzamento para trás. A defesa rebateu, mas na segunda tentativa a bola caiu no pé direito de Cassiano, que chutou firme no canto. Depois disso, restou à torcida festejou bastante nas arquibancadas.

No final de semana, pela penúltima rodada, o Brasil vai enfrentar o Boa, sábado, às 19h30, em Varginha (MG). O rebaixado ABC, no mesmo dia e horário, vai receber Oeste, ainda com chances de acesso.

FICHA TÉCNICA

BRASIL-RS 3 X 0 ABC

BRASIL-RS - Marcelo Pitol; Éder Sciola, Leandro Camilo, Teco e Marlon; Leandro Leite, Itaqui, Rafinha (Calyson), Marcinho (Gustavo Papa) e Misael; Lincom (Cassiano). Técnico: Clemer.

ABC - Edson; Arez, Danrlei, Tonhão e Daniel Nazaré; Jardel, Berguinho, Matheus (Lucas Coelho) e Erivélton; Dalberto (Chiclete) e Fessin (Adriano Pardal). Técnico: Ranielle Ribeiro.

GOLS - Rafinha, aos quatro minutos do primeiro tempo. Marlon, aos 18, e Cassiano, aos 26 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Sávio Pereira Sampaio (DF).

CARTÕES AMARELOS - Leandro Leite e Itaqui (Brasil). Tonhão (ABC).

RENDA - R$ 56.000,00.

PÚBLICO - 5.600 pagantes (9.913 total).

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.