1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Brasil tem 23 anos de invencibilidade contra Colômbia

Agência Estado

29 Junho 2014 | 12h 57

O Brasil vai enfrentar um dos seus maiores fregueses nas quartas de final da Copa do Mundo, na próxima sexta-feira, no Castelão, em Fortaleza. De acordo com a Fifa, a Colômbia já foi rival da seleção brasileira em 25 oportunidades, mas só conseguiu duas vitórias em todos os tempos. A primeira em 1985, em um amistoso em Bogotá, e a segunda em 1991, pela Copa América.

Nesta partida, o Brasil era treinado por Falcão e tinha a base da equipe que viria a ser campeã mundial em 1994, com Taffarel, Mazinho, Ricardo Rocha, Branco, Mauro Silva e Raí entre os titulares. Renato Gaúcho era o centroavante da seleção e Neto o capitão. A Colômbia, de Higuita, Rincón e Valderrama, venceu por 2 a 0 em Viña del Mar (Chile), pela primeira fase da competição.

Os dois times voltariam a se enfrentar no quadrangular final, quando o Brasil devolveu a derrota, também por 2 a 0, com um gol de Renato Gaúcho e outro de Branco. Neste jogo, o time já tinha Cafu e Márcio Santos, outros atletas campeões em 1994. A seleção de Falcão acabaria vice-campeã.

Desde então foram 11 confrontos entre Brasil e Colômbia, com nenhuma vitória colombiana. A seleção venceu pela Copa América em 1995 e 1997, na Copa Ouro de 2003 e um amistoso em 1995.

Pelas Eliminatórias (das Copas de 2002, 2006 e 2010), as partidas aconteceram na primeira e na décima rodadas, sempre com pouquíssimos gols. Foram quatro empates em 0 a 0 e apenas duas vitórias: uma por 1 a 0, em 2000, em São Paulo (gol de Roque Júnior), e outra em 2003, por 2 a 1, em Barranquilla.

Vendo de outra forma, porém, o Brasil não vence a Colômbia há 11 anos. Afinal, as equipes empataram os últimos quatro confrontos: em 2004 (Maceió), 2007 (Bogotá) e 2008 (Rio), sempre por 0 a 0, e em 2012, por 1 a 1, em Nova York, no milésimo jogo da história da seleção.

Nesta partida, sob o comando de Mano Menezes, o Brasil teve cinco dos titulares de Felipão e jogou com: Diego Alves; Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e Leandro Castán; Paulinho, Ramires, Oscar e Kaká; Thiago Neves e Neymar. Na ocasião, Neymar marcou o gol brasileiro, mas perdeu um pênalti de forma bizarra, mandando muito por cima.

A Colômbia, já treinada por Jose Pekerman, manteve quase todo o time, uma vez que jogou com Ospina, Cuadrado, Yepes, Armero, Sánchez, James Rodríguez, Jackson Martínez. Entre as mudanças, as saídas de Valencia e Falcão Garcia, cortados da Copa por lesão, e a passagem de Cuadrado da lateral para a ponta.

HISTÓRICO

Dos 25 jogos entre Brasil e Colômbia, nove aconteceram no País. A seleção ganhou em São Paulo (5 a 0 em 1949 e 1 a 0 em 2000), no Rio (6 a 2 em 1969 e 6 a 0 em 1977), em Belo Horizonte (2 a 1 em 1985) e Manaus (3 a 1 em 1995). Só não venceu em Salvador (1989) e Maceió (2004), ficando no 0 a 0. Os dois times nunca jogaram em Fortaleza.

Como esta é apenas a quinta Copa da Colômbia, que só avançou às oitavas de final em 1990, o Brasil nunca teve esse rival em Mundiais. Os dois times, porém, jogaram na última competição oficial no Brasil, a Copa América de 1989, em Salvador. Na ocasião, a torcida baiana vaiou a seleção, revoltada com a não escalação de Bobô, e o jogo terminou em 0 a 0.

Copa 2014

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo