Manjunath Kiran/AFP
Manjunath Kiran/AFP

Brasil vence Espanha de virada em estreia no Mundial Sub-17

Após gol contra do lateral Wesley, Lincoln, do Flamengo, e Paulinho, do Vasco, garantem o resultado

Estadão Conteúdo

07 Outubro 2017 | 10h50

Em seu primeiro desafio no Mundial Sub-17, a seleção brasileira de futebol conquistou grande vitória sobre a Espanha, por 2 a 1, neste sábado, em Kochi, na Índia. O triunfo sobre os atuais campeões europeus da categoria foi de virada, sob forte calor no Jawaharlal Nehru International Stadium.

Corte de Thiago Silva esquenta disputa por 4ª vaga de zagueiro do Brasil na Copa

O resultado é importante para o Brasil porque a Espanha era o adversário mais complicado no Grupo D, que tem ainda as modestas seleções da Coreia do Norte e do Níger. Pelas regras da competição, avançarão às oitavas de final os dois primeiros colocados de cada grupo e os quatro melhores terceiros colocados.

Com três pontos, a seleção brasileira já desponta na sua chave. O próximo adversário será a Coreia do Norte na próxima terça-feira, no mesmo local. Os norte-coreanos vão estrear ainda neste sábado, diante da equipe do Níger.

Para a estreia no Mundial, o técnico Carlos Amadeu escalou a seleção com Gabriel Brasão; Wesley, Vitão, Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin, Marcos Antônio e Alan; Paulinho, Lincoln e Brenner.

E o Brasil começou a partida levando grande susto. Logo aos quatro minutos, a Espanha saiu na frente, com gol contra de Wesley. Após cruzamento rasteiro da direita, o lateral brasileiro se antecipou ao atacante espanhol e acabou completando contra as próprias redes.

Mas a vantagem da Espanha não chegou ao intervalo. O empate veio aos 24. Depois de cruzamento rasteiro da esquerda, a zaga da Espanha vacilou e Lincoln, do Flamengo, só bateu para as redes. Aos 45, a virada foi decretada por Paulinho. Marcos Antônio, do Atlético-PR, acertou lindo passe para o atacante do Vasco bater na saída do goleiro e dar a vitória ao Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.