1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Brasileiros exaltam defesa da Sérvia após vitória por 1 a 0

Estadão Conteúdo

06 Junho 2014 | 18h 25

Diante de um adversário que joga de forma parecida com a Croácia, rival da estreia, o Brasil teve dificuldades de superar a marcação

A seleção brasileira pouco conseguiu incomodar o goleiro sérvio na vitória por 1 a 0, nesta sexta-feira à tarde, no Morumbi, no último teste da equipe antes da Copa do Mundo. Diante de um adversário que joga de forma parecida com a Croácia, rival da estreia e que também fazia parte da Iugoslávia, o Brasil teve dificuldades de superar a marcação forte que não permitia aos atacantes respirarem.

"É um adversário forte fisicamente, que é defensivamente muito forte. Eles jogaram com duas linhas de quatro e isso dificultou a entrada ali. Tivemos que ter paciência. Apesar dos erros, conseguimos fazer um gol", comentou Hulk, após a partida. Mesmo sendo o jogador brasileiro mais forte, o atacante não teve dificuldade no confronto diante dos sérvios.

O meia Oscar foi na mesma linha e exaltou o trabalho dos sérvios, que não avançaram sequer à repescagem nas Eliminatórias Europeias. "Foi um jogo difícil. A Sérvia joga muito bem, defende muito bem. Encontramos dificuldades, mas o time está melhorando aos poucos", opinou.

Nilton Fukuda/Estadão
Seleção brasileira bateu a Sérvia por 1 a 0, com um gol na etapa final

Depois de um primeiro tempo de poucas chances, o Brasil voltou do intervalo com Willian no lugar de Oscar e conseguiu abrir o placar aos 14 minutos, quando Thiago Silva lançou, Fred dominou no peito tirando do zagueiro, tropeçou, mas, mesmo no chão, conseguiu bater colocado, tirando do goleiro.

Copa 2014