Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Brenner explica choro após substituição no São Paulo: 'Me cobro muito'

Atacante deixou o campo no segundo tempo da vitória sobre o Paraná

Gonçalo Junior, Estadão Conteúdo

16 Abril 2018 | 23h10

Uma das cenas marcantes da vitória do São Paulo sobre o Paraná por 1 a 0, na noite desta segunda-feira, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, foi o choro do atacante Brenner. Depois de ser substituído pelo lateral Junior Tavares, o atacante de 18 anos foi flagrado pelas câmeras de tevê chorando no banco de reservas do Morumbi.

+ Com time misto, São Paulo supera Paraná na estreia no Brasileirão

"Foi o sentimento de tristeza. Não tive noite iluminada. Estava triste por isso. Queria contribuir mais. Chorei porque eu me cobro muito", afirmou o jogador, que foi escalado pela primeira vez como titular como o técnico Diego Aguirre.

Para Brenner, a defesa do Paraná dificultou bastante seu jogo. "O sistema defensivo deles estava bem. Eu não soube aproveitar, mas estou confiante para o próximo jogo. Chorei naturalmente, mas sei que posso mais", disse o atacante.

O técnico Diego Aguirre afirmou que o jovem tem potencial para superar as dificuldades. "É um menino que temos de cuidar muito. Ele é ainda muito novo, mas tem potencial extraordinário. Isso faz parte do caminho que ele vai fazer. Vai chegar o momento em que ele vai fazer um gol. Faz parte do futebol", comentou o treinador.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.