Cezar Magalhães/RAW Imagens
Cezar Magalhães/RAW Imagens

Bruno Henrique agradece Vitor Bueno e conta que gols foram treinados no Santos

Atacante foi bem servido pelo meia na vitória sobre o Paysandu

Estadão Conteúdo

11 Maio 2017 | 00h22

Autor de dois gols do Santos nesta quarta-feira, na vitória sobre o Paysandu por 3 a 1, no estádio Mangueirão, em Belém, pela Copa do Brasil, o atacante Bruno Henrique celebrou a atuação, agradeceu Vitor Bueno pelas assistências e contou que as duas jogadas nasceram dos próprios treinos.

"O professor (Dorival Júnior) sempre frisa e nós treinamos a bola atravessada para o ponta do outro lado fechar e fazer o gol", contou o atacante após o triunfo, que garantiu o Santos nas quartas de final da Copa do Brasil. "O Vitor Bueno foi feliz nas assistências. Agradeço a ele pelos dois passes. Estes treinos deram certo".

Bruno Henrique revelou também uma história curiosa: seus gols foram previstos antes do início da partida. "Estou feliz. Quando eu vinha para o estádio, minha esposa falou que eu faria dois gols", comemorou.

Sobre o tratamento feito com gelo no banco de reservas, após ser substituído por Thiago Ribeiro, o atacante informou que não sentiu qualquer problema. "Foi prevenção. Tivemos o desgaste do jogo passado, a própria chuva que caiu diante do jogo contra o Santa Fe. Não é nada, só uma dor. Fiz o gelo para eliminar lesões", completou Bruno Henrique.

Mais conteúdo sobre:
Santos FC futebol Copa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.