Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Bruno Henrique destaca retrospecto do Santos no Pacaembu e vê título em aberto

Atacante quer marcar o primeiro gol em um clássico

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2017 | 20h54

De volta ao Santos depois de 15 dias afastado por causa de dores na panturrilha esquerda, o atacante Bruno Henrique não esconde a expectativa de marcar pela primeira vez em clássicos, mas diz que espera um bom desempenho coletivo do time diante do São Paulo, neste sábado, no estádio do Pacaembu, na capital paulista, pelo Campeonato Brasileiro.

+ Santos tem retornos de Bruno Henrique e Victor Ferraz para o clássico

"Ainda não marquei gol em clássico, mas quero estar pronto para ajudar meus companheiros, independentemente de fazer gol ou não", ponderou Bruno Henrique, em entrevista à Santos TV. "Se eles fizerem gol, vou ficar feliz, se eu fizer, também vou ficar feliz. Temos que pensar em ganhar, independentemente de quem fizer gol".

O jogador diz esperar um "dia iluminado" no duelo contra os são-paulinos e conta com o bom retrospecto do time alvinegro no estádio do Pacaembu, onde o Santos não perde desde 2014.

"É um jogo de campo neutro. O diferencial é de torcida única. Penso que a equipe do São Paulo vai lotar o estádio, o diferencial é esse, mas fora não muda nada. Clássico se ganha em detalhes, o time que errar menos ganha o jogo. Nós jogamos bem no Pacaembu. Espero ter mais um dia iluminado, como já tive em outros momentos no Pacaembu", afirmou Bruno Henrique.

Copete demonstrou otimismo em relação à luta pelo título do Brasileirão. "Falam muito de outros times e se esquecem de quem vem comendo pelas beiradas. O campeonato não acabou ainda e está em aberto. Seis pontos é uma vantagem muito pequena pra quem já teve 12. Dois resultados positivos e um tropeço do líder seria muito importante para nós. Temos que fazer nossa parte e depois pensar na frente".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.