Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Esportes

Esportes » Bruno ressalta presença de estrangeiros no elenco do São Paulo

Futebol

Rubens Chiri/Divulgação

esportes

futebol

Bruno ressalta presença de estrangeiros no elenco do São Paulo

Para lateral, time ganha espírito aguerrido e mais experiência

0

Ciro Campos,
O Estado de S. Paulo

12 Janeiro 2016 | 17h13

O São Paulo tem no elenco de 2016 técnico e atacante argentinos, lateral-esquerdo chileno, atacante colombiano e com a vinda de Lugano, terá um zagueiro uruguaio. A presença de estrangeiros recebeu elogios do lateral-direito Bruno nesta terça-feira, pois para o jogador isso traz ao time uma postura mais aguerrida, além de forçar a aprender um novo idioma.

A presença de quatro atletas de fora de Brasil pode ser útil para a disputa da Copa Libertadores. "Eles têm muito a contribuir, não só no ato de falar dentro de campo, mas sim nesse espírito. O grupo está acostumado com essas competições. A gente só tem que acertar nossa equipe dentro de campo", comentou Bruno em entrevista coletiva nesta terça-feira.

Centurión tem treinado como titular no time do técnico Edgardo Bauza, que assim como o atacante, é argentino. O chileno Mena disputa vaga na lateral esquerda, enquanto que o colombiano Wilder fica como opção na reserva. Já Lugano certamente virá para ser o capitão da equipe e aumentar o uso do espanhol no time. "A gente tem falado em ''portunhol''. Temos entendido bastante. Lógico que as vezes o professor fala muito rápido e não tem como", explicou Bruno.

O jogador contou que durante a passagem do técnico colombiano Juan Carlos Osorio, em 2015, o elenco já começou a entender mais palavras em espanhol e costuma conversar com os companheiros estrangeiros sobre traduções de determinadas expressões. Tanto Osorio como Bauza também trouxeram na comissão técnica auxiliares de seus respectivos países.

Mais conteúdo sobre:

Comentários