Brusque ganha do Remo e enfrenta o Corinthians na 2ª fase da Copa do Brasil

Jogo único está marcado para 1.º de março, às 21h45, em Santa Catarina

Estadao Conteudo

16 Fevereiro 2017 | 22h46

O Brusque vai ser o adversário do Corinthians na segunda fase da Copa do Brasil. Isso porque, nesta quinta-feira, em Brusque (SC), no estádio Augusto Bauer, venceu o Remo por 2 a 1. O jogo único da nova fase vai acontecer no dia 1.º de março, às 21h45, na cidade catarinense. Pelo regulamento, o empate agora não dá a vaga ao visitante, mas leva para os pênaltis a definição do classificado.

O jogo foi equilibrado. O Brusque saiu na frente aos 24 minutos, com Jonatas Belusso; ele só completou o passe de Carlos Alberto. O Remo buscou o empate com Zé Antonio. Ele sofreu falta na frente da área e bateu com perfeição, sobre a barreira, aos 33. O time catarinense desperdiçou a chance de passar à frente nos acréscimos, quando Assis cobrou pênalti e o goleiro André Luis fez a defesa.

No segundo tempo, o Brusque voltou mais agressivo, afinal só a vitória interessava. E marcou o gol da vitória aos 12 minutos com Ricardo Lobo, após um passe de Jonatas Belusso. Os paraenses ainda tentaram empatar, mas não tiveram capacidade e nem força para superar o bloqueio defensivo adversário.

O Brusque é vice-líder do Campeonato Catarinense com nove pontos, quatro atrás do Avaí. No último fim de semana venceu a Chapecoense por 2 a 1, em casa. E neste domingo fará o duelo justamente contra o Avaí, mas em Florianópolis.

CRICIÚMA AVANÇA

O Criciúma está classificado à segunda fase da Copa do Brasil. Nesta quinta-feira, o time catarinense enfrentou o Santo André no estádio Bruno José Daniel, em Santo André (SP), e venceu por 1 a 0. Alex Maranhão, aos 39 minutos do segundo tempo, fez o gol da vitória.

Na próxima fase, o Criciúma irá enfrentar o Autos, do Piauí, que eliminou o CRB na última semana ao ganhar em casa por 2 a 0. O duelo será na próxima quarta-feira no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).

Apesar da eliminação, o time paulista sempre tomou mais a iniciativa ofensiva. No entanto, ficou refém dos contra-ataques dos catarinenses. Desta forma, eles voltaram para Santa Catarina com a vaga nas mãos.

Mais conteúdo sobre:
futebol Corinthians Copa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.