1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Calleri diz ter escolhido o São Paulo por sugestão de Tevez

- Atualizado: 01 Fevereiro 2016 | 13h 16

Apresentado, atacante chega ao clube por indicação de ex-colega

O São Paulo apresentou nesta segunda-feira o argentino Jonathan Calleri como reforço para a temporada 2016 e o jogador contou ter recebido uma indicação especial para escolher o acerto com o clube do Morumbi. Carlos Tévez, ex-companheiro de Boca Juniors e ídolo do Corinthians, lhe recomendou a ida à equipe em vez de aceitar outras propostas disponíveis, como do Inter e do Atlético-MG.

"Ele é muito reconhecido aqui e me ajudou no Boca a conquistar o sonho de ser campeão. Falei com ele sobre vir para o São Paulo e ele me recomendou vir para cá", disse Calleri durante a sua apresentação, no CT da Barra Funda. O jogador assinou contrato de empréstimo até junho e vem por indicação do técnico Edgardo Bauza. O atacante tem um acerto para atuar na Inter de Milão assim que deixar o São Paulo.

Atacante argentino vai usar a camisa 12 no São Paulo

Atacante argentino vai usar a camisa 12 no São Paulo

Calleri saiu do Boca Juniors ao ser comprado por um grupo de empresários, que o registrou no Deportivo Maldonado, do Uruguai. A curta passagem pelo São Paulo pode ser maior caso o clube chegue às fases decisivas da Libertadores, marcadas para o mês de julho. "Meu objetivo principal é ganhar a Libertadores. Tem um bom grupo, com bons jogadores. Se ganhar, fico (para o Mundial). Se o clube ganhar a Copa, eu ficaria, obviamente", disse.

A ligação com o Boca Juniors, onde foi campeão argentino, pesou até na escolha do número da camisa. "Meu número é o 27. Mas como me disseram que na primeira fase da Libertadores é só até o 25, vou usar a 12 em reconhecimento ao clube que me deu a chance de vir para cá", explicou. A principal torcida organizada da equipe de La Bombonera é conhecida como a 12, "La Doce", em espanhol.

Aos 22 anos, o atacante tem o objetivo de jogar bem no São Paulo para se destacar e conseguir vaga na seleção olímpica da argentina. Para isso, Calleri reconhece que será preciso se adaptar rápido ao futebol brasileiro. O jogador deve viajar com a equipe para o Peru, onde na quarta o clube enfrenta o Cesar Vallejo, pela etapa preliminar da Libertadores.

São Paulo em 2016
Washington Alves|Reuters
Ganso

Ganso foi um dos destaques do Sâo Paulo na hora de controlar a pressão do Atlético-MG no Horto

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX