1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Camarões investiga se jogadores manipularam resultados na Copa

Agência Estado

01 Julho 2014 | 09h 53

A Federação Camaronesa de Futebol (Fecafoot) vai apurar suposto envolvimento de jogadores da seleção do país em manipulação de resultados na Copa do Mundo. A entidade informou que seu Comitê de Ética investigará sete atletas da equipe nacional que disputou o torneio, depois de rumores darem conta de que os mesmos teriam participado de um esquema fraudulento.

"As recentes acusações de fraude nas três partidas de Camarões na primeira fase do Mundial, especialmente contra a Croácia, além da existência de sete ''maçãs podres'', não refletem os valores e princípios defendidos por essa administração, alinhada com o código de conduta e ética da Fifa", posicionou-se a Fecafoot, em comunicado divulgado na noite de segunda-feira.

Andres Stapff/Reuters
O camaronês Stephane Mbia e o croata Ivan Rakitic após goleada da Croácia por 4 a 0

Camarões foi eliminado na primeira fase do Mundial depois de derrotas por 1 a 0 para o México, 4 a 0 para a Croácia e 4 a 1 para o Brasil, terminando em último lugar no Grupo A. "Estamos extremamente comprometidos em nos esforçarmos ao máximo para esclarecer essa situação", garantiu a entidade. "Gostaríamos de informar que, embora a Fifa não tenha entrado em contato conosco para discutir o caso, nossa administração já acionou nosso Comitê de Ética para investigar as acusações", dizia outro trecho do comunicado oficial.

A maior suspeita recai sobre a partida contra a Croácia, no dia 18 do mês passado, quando os camaroneses foram goleados por 4 a 0 no jogo que ainda contou com a discussão ríspida entre o lateral-esquerdo Benoit Assou-Ekotto e o atacante Benjamin Moukandjo. A Fecafoot instaurou um inquérito para apurar o comportamento de seus jogadores durante essa partida.

Copa 2014