1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Futebol Internacional

Campeonato Alemão começa com todos contra o Bayern

O Estado de S. Paulo

22 Agosto 2014 | 05h 00

País ainda vive clima de euforia por causa da conquista da Copa. Time da Bavária, bicampeão, estreia contra o Wolfsburg nesta sexta

A nova temporada do Campeonato Alemão, que começa nesta sexta-feira, vai oferecer a 17 equipes um desafio tão óbvio quanto complicado: superar o todo-poderoso Bayern de Munique, que venceu as duas últimas edições com impressionante facilidade – 25 pontos de vantagem para o vice-campeão na temporada 2012/2013 e 19 na última. E caberá justamente ao Bayern a honra de abrir os trabalhos, às 15h30 (de Brasília), contra o Wolfsburg, em Munique.

O Bayern será a principal atração de um campeonato valorizado pela conquista do título mundial pela Alemanha. Há enorme euforia no país e muita vontade de ver os campeões do mundo em ação, e isso só não vai influir na média de público porque simplesmente não há como aumentá-la. Os estádios alemães estão sempre lotados.

A estreia deverá ser bastante complicada para o Bayern por causa de seus desfalques. Javi Martínez, Thiago Alcântara, Rafinha e Schweinsteiger estão machucados, Boateng está suspenso e Ribéry, em má forma física. Além disso, Robben não disputou partidas na pré-temporada e também pode ficar fora do jogo.

Ina Fassbender/Reuters
Guardiola vai dirigir o Bayern pela segunda temporada consecutiva

Mesmo assim, é melhor o Wolfsburg, time do volante Luiz Gustavo, não ficar animado demais. Os campeões mundiais Neuer, Lahm, Müller e Götze estarão em campo, assim como o atacante polonês Lewandowski, artilheiro que o Bayern fez questão de tirar do Borussia Dortmund.

A equipe de Dortmund, aliás, será mais uma vez a principal rival do Bayern. Vice-campeão nas duas últimas temporadas, o time dirigido por Jürgen Klopp aposta em seu futebol vertiginoso e no talento do meia Marco Reus, que está em fase final de recuperação da lesão que o tirou da Copa do Mundo. O atacante italiano Immobile, artilheiro da última edição do campeonato de seu país, jogando pelo Torino, é a principal cara nova do Dortmund, que estreará sábado, em casa, contra o sempre perigoso Bayer Leverkusen.

Uma das mais interessantes novidades do campeonato é o Paderborn, vice-campeão da Segunda Divisão. Pela primeira vez na elite alemã, o clube tem um elenco avaliado em 5 milhões de euros, enquanto o do Bayern é avaliado em mais de 500 milhões de euros. Com poucos jogadores estrangeiros, já que o clube não tem dinheiro para fazer contratações caras, o Paderborn representa um futebol à moda antiga, distante da realidade “globalizada” da Alemanha e das outras potências da Europa. A equipe estreará domingo, contra o Mainz.

Futebol Internacional