1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Capello vê Rússia no auge da forma física para estreia

Agência Estado

16 Junho 2014 | 20h 55

Segundo o técnico da Russia, nem o calor de Cuiabá pode atrapalhar os russos nesta Copa do Mundo

A Rússia chega para a estreia na Copa do Mundo no auge da sua forma física. É o que garante Fabio Capello, o técnico da equipe. Para o italiano, a equipe está pronta para seu primeiro jogo, contra a Coreia do Sul, em Cuiabá. A partida será disputada nesta terça-feira.

Para Capello, nem o calor da capital mato-grossense irá atrapalhar a sua equipe no jogo contra os sul-coreanos. "Trabalhamos bastante e estou convencido de que chegaremos em ótimas condições físicas para a estreia", disse, em entrevista coletiva realizada na Arena Pantanal, palco do jogo.

O técnico não espera surpresas por parte da seleção asiática, uma vez que as duas equipes se enfrentaram em amistoso realizada em novembro. "Estamos bem informados e o fato de já termos jogado contra eles ajuda na preparação". No duelo, disputado em Dubai, os russos saíram vencedores por 2 a 1.

Kirill Kudryavtsev/AFP Photo
Fabio Capello confia na classificação da sua equipe para a próxima fase da Copa do Mundo

Para a partida que marca o retorno dos russos a uma Copa do Mundo, competição que não participam desde 2002, Capello resolveu trocar o capitão de sua equipe, posto normalmente ocupado pelo meia Igor Denisov, mas que terá o zagueiro Vasili Berezutskiy como representante nesta terça. "Igor é um líder em campo, mas Vasili fala inglês e a comunicação com o juiz é muito importante", explicou o técnico. O argentino Nestor Pitana será o árbitro da partida.

Com contrato até 2018, Capello deverá ser o técnico da Rússia no próximo Mundial, quando o país receberá o torneio. Para o treinador italiano, a disputa no Brasil servirá para que o elenco russo, formado majoritariamente por jogadores que jogam no país, ganhe rodagem. "É importante a volta da Rússia a uma Copa depois de 12 anos. Nós precisamos de experiência para entender o futebol de alto nível e nos prepararmos para a Eurocopa de 2016 e para o Mundial em casa", avaliou.

Copa 2014