1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Capitão da Suíça, Gokhan Inler destaca importância de Shaqiri

Ciro Campos - O Estado de S. Paulo

30 Junho 2014 | 17h 34

Depois de fazer os 3 gols da vitória contra a Honduras, o jovem atacante pode ser o grande destaque da próxima partida

A seleção da Suíça tem uma grande arma para surpreender a Argentina, nesta terça-feira, em São Paulo, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. O atacante Xherdan Shaqiri marcou três gols na competição e segundo o capitão da equipe, o volante Gokhan Inler, todos os jogadores sabem que é preciso dar condições para que a estrela do time possa decidir a partida.

Shaqiri, do Bayern de Munique, fez todos os gols da vitória por 3 a 0 sobre Honduras, na última quarta, em Manaus, resultado que classificou a Suíça para desafiar a Argentina. "É um jogador que precisa da equipe para dar apoio. Nosso meio-campo tem que servi-lo para que Shaqiri tenha toda a liberdade para jogar e criar", disse o volante, em entrevista coletiva nesta segunda.

O atacante de 22 anos é a aposta do futebol suíço inclusive para os próximos anos. O jogador é de uma geração talentosa, que se soma aos representantes campeões mundiais sub-17 em 2009, na Nigéria, como o atacante Seferovic, o meia Xhaka e o lateral-esquerdo Ricardo Rodriguez.

AP Photo/Dario Lopez-Mills
O jogador afirma que Shaqiri tem boa movimentação e é decisivo

"Ele é um jogador muito importante para a equipe. É baixo, tem ótima movimentação é decisivo", elogiou o capitão Inler, que atua no Napoli. Shaqiri, de 1,69m, atua pelo lado direito do ataque, com a ajuda do lateral Lichtsteiner, e deve forçar as jogadas em cima de Rojo. O jogador tem 36 jogos pela seleção suíça e 12 gols.

Copa 2014