Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Carille dá voto de confiança para Jadson: ‘É meu dever recuperá-lo’

Meia é mantido na equipe, mas treinador admite que ele não está rendendo o esperado

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

11 Outubro 2017 | 07h01

Embora esteja em má fase, o meia Jadson continua como titular do Corinthians e inicia a partida contra o Coritiba, nesta quarta-feira, às 21h, na Arena Corinthians, tendo um voto de confiança do técnico Fábio Carille. O treinador admite que o jogador não tem rendido o esperado, mas ainda crê que ele pode ser importante.

+ Corinthians enfrenta o Coritiba, sua pedra no sapato

“Ele sabe que pode mais e isso é o mais importante. Ele é um jogador de muita qualidade, sabemos da importância dele e nessa reta final é meu dever recuperar todos para uma parte final boa. Ele foi fundamental no Paulista, no início do Brasileiro, e depois da contusão contra o Avaí não rendeu o melhor. Pela qualidade do jogador e pela busca de melhora é essa confiança”, disse o comandante corintiano.

O próprio Jadson já admitiu que não vive um bom momento e que pretende dar a volta por cima em campo. Para piorar, nos últimos jogos em que ele saiu, os seus substitutos entraram bem e o time melhorou.

Durante a paralisação do Brasileiro para a disputa das Eliminatórias para a Copa, Carille testou Jadson em três posições diferentes. Na terça-feira, o colocou para cair mais pelo lado esquerdo, mas geralmente ele atua centralizado e também foi testado caindo pela direita.

+ Veja a classificação do Campeonato Brasileiro

“A mudança não quer dizer que ele inicie pela esquerda, porque ele trabalhou em todos os lados e no meio para estar treinado para tudo”, comentou o treinador.  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.