Carlos César é o novo técnico do Fla

O técnico João Carlos e o diretor-técnico Carlinhos foram demitidos hoje do Flamengo. O novo treinador será Carlos César, técnico da equipe de juniores do clube e da seleção brasileira de juniores e que já foi treinador do time profissional do Rubro-Negro na campanha do bicampeonato em 2000, quando substitui Carlinhos, que havia se submetido a uma cirurgia. Ele assume interinamente. "Saio sem mágoas do clube", disse João Carlos. Além da má campanha do Flamengo na temporada, o ex-treinador teve um atrito com o superintendente de Futebol, George Helal, quando criticou publicamente a negociação do volante Leandro Ávila, que teve seu passe negociado com o Internacional-RS. "Não vou deixar nunca que outras pessoas decidam o que era bom para o time. Tínhamos uma comissão técnica que cuidava dessa questão", afirmou João Carlos. "A negociação nem foi questionada. O Carlinhos foi informado que o Leandro estava sendo negociado. Eu fiquei sabendo pela imprensa." João Carlos assumiu o cargo de treinador do Flamengo no dia 4 de fevereiro, substituindo Carlos Alberto Torres. O ex-técnico ocupou o cargo por 51 dias, com um total de 21 jogos. Foram cinco vitórias, nove derrotas e sete empates. Sob o seu comando, o Rubro-Negro foi eliminado na primeira fase da Taça Libertadores e do Torneio Rio-São Paulo, além de ter sido o lanterna do primeiro turno do Campeonato Carioca. Já Carlinhos ficou cerca de um mês na sua volta ao Flamengo. Ele havia sido chamado pelo clube para colaborar num momento difícil da equipe na Libertadores e no Rio-São Paulo.

Agencia Estado,

27 Março 2002 | 19h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.