Caso Ronaldo fere o orgulho do Real

O caso Ronaldo mexe com o orgulho do Real Madrid. Florentino Pérez gabava-se, até dias atrás, de não ter perdido nenhuma queda-de-braço toda vez que tentou contratar algum jogador, desde que assumiu a presidência do clube, dois anos atrás. Suas maiores tacadas, nesse período, foram Luís Figo e Zinedine Zidane, investimentos milionários e recordes. Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

25 Agosto 2002 | 11h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.