Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Cássio ergue taça de campeão e conquista sexto título pelo Corinthians: 'Muita gente não esperava'

Goleiro é capitão corintiano no jogo do título paulista

Vítor Marques, O Estado de S. Paulo

07 Maio 2017 | 18h57

Escolhido por Fábio Carille como capitão na decisão contra a Ponte Preta, coube ao experiente goleiro Cássio levantar o troféu do 28º título de Campeão Paulista conquistado pelo Corinthians neste domingo.  O jogador conquistou seu sexto título pelo clube. "Qualquer um aqui poderia erguer essa taça. Por ter mais tempo (no clube), fui o escolhido', afirmou o goleiro. 'É gratificante ganhar mais um título. Esse título é para todos os corintianos que nos apoiaram'. 

O goleiro lembrou que muitos não apostavam no time no início de temporada. Segundo Cássio, o título mostrou que o time tem qualidade e que pode fazer um grande Campeonato Brasileiro. "Trabalhamos muito e temos um grande ano pela frente. Muita gente não esperava, falavam que nós erámos a quarta força (no Estado). Não quisemos provar nada para os outros, mas sempre acreditamos que podíamos ser campeão."

O título e a faixa de capitão na decisão confirmaram a volta por cima do goleiro, que chegou a ser reserva do time em 2016. Por pouco, ele não foi negociado. Após a confirmação de Carille seria o técnico em 2017, Cássio, campeão da Libertadores e do Mundial em 2016, voltou a posição de titular.

Após o título, o goleiro enalteceu o trabalho do treinador que lhe devoltou a confiança e elogiou o sistema defensivo armado por Carille. "Acho que todo o time teve muita responsabilidade na marcação. O Pablo e o Balbuena foram muito bem, mas o time é muito organizado. Você vê o Romero e o Jô voltando para marcar. Isso é fruto do trabalho que o Carille está fazendo. Quanto todos se dedicam, fica mais fácil", afirmou o jogador em entrevista ao SporTV.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.