Castelão terá faixas pró-Ciro Gomes

A cúpula da CBF tratou diretamente com a assessoria do presidenciável Ciro Gomes, a participação do candidato no jogo festivo desta quarta-feira, no Castelão, contra o Paraguai, em Fortaleza. Ciro assistirá à partida e percorrerá cabines de emissoras de rádios locais para dar entrevista. Há a possibilidade de ele gravar um trecho do horário eleitoral gratuito no vestiário da seleção, antes do início do jogo. Esta hipótese não foi descartada pelo supervisor Américo Farias e pelo chefe da delegação Weber Magalhães. "Esse assunto é com o Ricardo Teixeira, que chega nesta terça-feira à cidade", disse Magalhães. O comitê central do PPS em Fortaleza, confirmou a presença do candidato na festa e informou que ele deverá participar de uma caminhada, de um ponto ainda não definido em Fortaleza até o Estádio Castelão. Ciro poderá ocupar uma vaga na tribuna de honra da CBF ou do governador do Ceará, Tasso Jereissati (PSDB), ou ainda, ficar entre os torcedores nas cadeiras do estádio. Porém, as entrevistas às rádios estão confirmadas. Teixeira já havia manifestado várias vezes sua preferência por Ciro Gomes. Isso ficou mais evidente após a desistência de Roseana Sarney (PFL) em concorrer à disputa. A CBF tem estreitas ligações com a família Sarney e também estava tendendo a não apoiar o candidato oficial do governo, por causa do incentivo do presidente Fernando Henrique Cardoso nas investigações e denúncias de irregularidades no comando do futebol brasileiro. A intenção de Teixeira era a de trazer a equipe campeã diretamente para Fortaleza, tão logo deixou o Japão após a conquista do pentacampeonato. Mas ele acabou voltando atrás e decidiu que a primeira escala no Brasil fosse na capital federal. Faixas e cartazes pró-Ciro Gomes vão ocupar as cadeiras do estádio, e já estão confeccionadas.

Agencia Estado,

19 Agosto 2002 | 19h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.