Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo
Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo

CBF anuncia Brasil x Rússia e fecha amistosos antes de convocação para a Copa

Confronto marcado para o dia 23 de março será o penúltimo antes da convocação para o mundial

Marcio Dolzan / RIO, O Estado de S.Paulo

17 Outubro 2017 | 13h30

Realizando um dos desejos de Tite, a CBF confirmou nesta terça-feira que a seleção brasileira fará um amistoso com a Rússia em março do próximo ano. O duelo, o penúltimo antes da convocação para a Copa do Mundo de 2018, será disputado no dia 23, em Moscou. Quatro dias mais tarde, o Brasil vai encarar a Alemanha em Berlim.

+ Tite já tem seu time-base, mas ainda há vagas abertas no grupo​

Com a confirmação do amistoso com os russos, a seleção já tem definidos seus últimos quatro jogos antes da convocação de Tite para o Mundial. No próximo mês, o Brasil irá encarar o Japão em Lille, na França, e depois vai à Inglaterra enfrentar os donos da casa, em Londres.

"Achamos importante sentir o clima da Rússia, do torcedor, do estádio, e dos jogadores neste ambiente antes de a comissão técnica definir a lista final", disse o coordenador de seleções da CBF, Edu Gaspar, em declarações reproduzidas pelo site oficial da entidade. "Estar no país da Copa nos proporcionará um nível interessante de observação dos atletas, de como será nosso trabalho no país-sede."

Os quatro amistosos da seleção brasileira neste período de preparação serão diante de equipes classificadas para a Copa do Mundo, e o confronto com os anfitriões do Mundial era um desejo de Tite, que quer que o elenco sinta o ambiente que o Brasil terá na Copa.

"Era nosso objetivo quatro jogos de alto nível. Enfrentaremos o Japão, Inglaterra, Alemanha e a Rússia. Essa será uma ótima base de trabalho para a comissão na construção e consolidação da equipe", ressaltou Edu Gaspar.

Nesta sexta-feira, às 11 horas, na sede da CBF, no Rio, Tite irá anunciar a lista de convocados para os amistosos do próximo mês. O Brasil vai encarar o Japão e a Inglaterra nos dias 10 e 14 de novembro, respectivamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.