1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

CBF se nega a liberar Ademilson da seleção brasileira Sub-21

São Paulo havia pedido a liberação do jogador por conta do alto número de jogadores lesionados e suspensos no plantel tricolor

O São Paulo não conseguiu liberar o atacante Ademilson da convocação para a seleção brasileira Sub-21 que fará uma série de amistosos no Catar, em setembro. "A CBF não aceitou liberar ninguém", afirmou o vice-presidente de futebol Ataíde Gil Guerreiro.

O grande número de jogadores lesionados e suspensos tem sido um problema para o técnico Muricy Ramalho. Na vitória sobre o Palmeiras, por exemplo, apenas seis jogadores ficaram no banco de reservas. Para a partida contra o Internacional, em Porto Alegre, na quarta-feira, serão cinco desfalques por contusão: Douglas (coxa esquerda), Antônio Carlos (panturrilha esquerda), Maicon (coxa direita), Rodrigo Caio (joelho esquerdo) e Luis Fabiano (coxa direita).

Antes mesmo de saber da decisão da entidade, Muricy já havia reclamado das convocações. "Os clubes precisam sobreviver. Contra o Palmeiras, tínhamos poucos jogadores no banco (cinco de linha e um goleiro). Você quer mudar, mas tem dificuldade. Eu não mudo por mudar", afirmou o treinador. 

Ademilson, que ficou no banco de reservas na vitória sobre o Palmeiras, terá de se apresentar nesta semana ao técnico Alexandre Gallo para iniciar os treinamentos. A seleção brasileira vai enfrentar Egito, Catar e Líbano entre os dias 1º e 10 de setembro. Neste período, o São Paulo continuará jogando normalmente pelo Campeonato Brasileiro.

Ademilson vinha atuando como titular nos últimos jogos do São Paulo
Ademilson vinha atuando como titular nos últimos jogos do São Paulo

Outros três garotos do São Paulo estão com a seleção brasileira sub-20 no Torneio de Cotif, na Espanha: o lateral-direito Auro, o zagueiro Lucão e o meio-campista Boschilia.