CBF tenta minimizar problemas entre Adriano e Edmílson

A CBF tenta minimizar os desentendimentos entre Edmilson e Adriano e, em um dia de amistoso da seleção, coloca seus assessores de imprensa para desfazerem a imagem de que haveria um enfrentamento entre os dois jogadores. No site da CBF, a informação colocada foi de que o volante e o atacante almoçaram juntos nesta terça-feira na mesma mesa na Basiléia e que teriam ficado surpreendidos com a repercussão que o fato ganhou no Brasil. Na segunda-feira, em um coletivo em Weggis, Edmilson entrou duro em Adriano, que depois revidou com um chute nas pernas do volante. Essa não havia sido a primeira vez que os dois se desentenderam. Na semana passada, em outro treino, Edmilson foi atingido por Adriano e sentiu o braço. No lance seguinte, pisou no pé do atacante. Mas segundo a comissão técnica, os dois jogadores riram no curto trajeto entre o campo de treinamento e o hotel em Weggis sobre as entradas sofridas por ambos. Em campo, no segundo tempo do jogo contra o Lucerna nesta terça, Edmilson tocou sua primeira bola para Adriano, que não alcançou.

Agencia Estado,

30 Maio 2006 | 17h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.