1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Ceará vence e leva 'título' do primeiro turno da Série B

Estadão Conteúdo

30 Agosto 2014 | 23h 13

Time cearense é seguido de perto por Avaí, América-MG e Joinville, que fecham o G-4 - a zona de acesso para a Série A

O Ceará fechou com chave de ouro o primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, no fechamento da 19.ª rodada, o time de Fortaleza venceu o Luverdense, por 3 a 1, assumindo a liderança isolada, com 35 pontos. Assim, conquistou o título simbólico do turno.

Mas o Ceará é seguido de perto por Avaí, com 34, América-MG e Joinville, com 33 pontos, que fecham o G-4 - a zona de acesso para a Série A. O time cearense não vencia há três rodadas, bem como o Luverdense, que completou seu quarto jogo seguido sem vitória e caiu para a sétima posição, com 28 pontos.

O jogo deste sábado começou eletrizante, com o meia Gilson dando um chute de longe exigindo que Jailson espalmasse para o Ceará. Isso antes do primeiro minuto, porque antes do segundo minuto o Ceará respondeu de forma mortal: com gol. A defesa tentou recuar a bola para o goleiro Gabriel Leite e o zagueiro Braga se atrapalhou todo. Bill saiu correndo e completou para as redes.

Este gol desestabilizou o, até então, confiante time do Mato Grosso. O segundo gol saiu aos 12 minutos. O meia Ricardinho cobrou escanteio bem na cabeça de Magno Alves, que desviou para as redes. 

O time cearense ficou com domínio em campo, criando outras chances, mas sem ampliar o placar. A única chance perigosa do visitante saiu num chute de sem-pulo de Reinaldo, que tirou tinta da trave da meta defendida por Jailson, aos 32 minutos.

No segundo tempo, o Luverdense voltou com Samuel no lugar de Felipe Alves e equilibrou as ações no meio-campo. Além de explorar bem a velocidade pelas laterais.

Aos 13 minutos, Samuel entrou na área sozinho e foi derrubado pelo goleiro Jaílson: pênalti. O árbitro deveria expulsar o goleiro, que evitou o gol, mas acabou penalizado apenas com o cartão amarelo. Na cobrança, Misael deslocou o goleiro e diminuiu o placar aos 14 minutos. Em seguida, numa cabeçada, quase Reinaldo empatou o jogo, dando susto à torcida do Ceará.

Só depois disso, é que o técnico Sérgio Soares alterou o Ceará, colocando Souza e Michel nos lugares, respectivamente, de Nikão e Eduardo, para ganhar fôlego no meio-de-campo. Antes tarde do que nunca. Deu certo. Aos 20 minutos, quase o Ceará matou o jogo numa cabeçada de Magno Alves, que aproveitou cruzamento de Vicente, do lado esquerdo, e testou firme. A bola, de forma caprichosa, tocou na trave direita de Gabriel Leite.

Depois disso, o Ceará soube usar bem a velocidade para contra-atacar e perdeu muitas chances com chutes de fora da área, de Magno Alves, Souza, Lulinha, entre outros. Mas "fechou o caixão" aos 42 minutos, numa bela jogada de Magno Alves. Ele desceu rápido em diagonal e tocou de calcanhar para Bill na frente da área. Ele ajeitou e bateu de curva, no canto esquerdo de Gabriel Leite.

O Ceará voltará a jogar pela Série B no sábado, às 21 horas, no interior paulista contra o Oeste, em Itápolis. Antes disso, porém, vai receber o Botafogo, quarta-feira, no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, no Rio de Janeiro, o Ceará ganhou por 2 a 1 e agora pode perder por 1 a 0. O Luverdense também atuará no outro sábado, às 21 horas, mas em Lucas do Rio Verde, diante do lanterna Vila Nova.

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 3 X 1 LUVERDENSE

CEARÁ - Jaílson; Samuel, Alex Lima, Anderson e Vicente; João Marcos, Ricardinho (Lulinha), Eduardo (Michel) e Nikão (Souza); Magno Alves e Bill. Técnico: Sérgio Soares.

LUVERDENSE - Gabriel Leite; Jean Patrick, Zé Roberto, Braga e Paulinho; Carlão, Gilson, Felipe Alves (Samuel) e Rubinho (Léo); Misael e Reinaldo (Lê). Técnico: Junior Rocha.

GOLS - Bill a 1 e Magno Alves aos 12 minutos do primeiro tempo. Misael, de pênalti, aos 14 e Bill aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

CARTÕES AMARELOS - Jailson, Bill e Nikão (Ceará); Samuel e Zé Roberto (Luverdense).

RENDA - R$ 184.329,00.

PÚBLICO - 12.963 pagantes (13.482 presentes).

LOCAL - Castelão, em Fortaleza (CE).

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo