Sirli Freitas / Chapecoense
Sirli Freitas / Chapecoense

Chapecoense e Paraná brigam pela 1ª vitória em encerramento da 4ª rodada

Kleina aposta em evolução contínua da equipe, enquanto Micale mantém mistério

Estadão Conteúdo

07 Maio 2018 | 07h50

Após um início ruim no Campeonato Brasileiro, Chapecoense e Paraná fecham a quarta rodada em busca da primeira vitória na competição. As equipes sulistas se enfrentam nessa segunda-feira, às 20 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Ambos estão na zona do rebaixamento.

+ Início do Campeonato Brasileiro tem ares de torneio Rio-São Paulo

+ Em São Paulo, várzea se divide entre tradição e modernidade

Vindo da Série B, o Paraná estreou com derrota fora de casa para o São Paulo por 1 a 0, depois sofreu uma goleada em casa para o Corinthians por 4 a 0 e vem de nova derrota, desta vez por 2 a 1 para o Sport, em Recife (PE). A equipe paranaense segura a lanterna como único time que ainda não pontuou.

A Chapecoense está um pouco acima, com dois pontos, na 18ª posição. O time catarinense também sofreu uma goleada, por 5 a 1, para o Atlético-PR na estreia, depois empatou com Vasco, por 1 a 1, e Palmeiras, por 0 a 0.

Apesar do início ruim, o técnico Gilson Kleina já vê uma evolução no time catarinense, com empates contra times fortes nas últimas rodadas, especialmente contra o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo. Por essa razão, a tendência é que o técnico repita a mesma escalação. Amaral, Elicarlos e Márcio Araújo formam o trio de volantes com apenas Canteros como meia, um pouco mais ofensivo. Na frente, Arthur Caíke faz companhia ao centroavante Wellington Paulista.

No Paraná, o técnico Rogério Micale não divulgou o time titular e aposta no mistério para surpreender o adversário. A principal dúvida é a presença do meia Carlos Eduardo, que deve ser poupado pela sequência de jogos que vem fazendo. Na lateral-esquerda, o treinador conta com o retorno de Mansur, que foi poupado no último jogo. O atacante Raphael Alemão e o meia Wesley Dias são desfalques por questões físicas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.