1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Chuva no Recife faz família de meia dos EUA perder jogo

Daniel Batista - enviado especial ao Recife - O Estado de S. Paulo

26 Junho 2014 | 18h 54

Mesmo com a derrota para a Alemanha, o meia Clint Dempsey está satisfeito com a classificação do time para as oitavas de final

As cidades do Recife e de São Lourenço da Mata, onde fica a Arena Pernambuco, tiveram um dia de caos nesta quinta-feira por causa de fortes chuvas que caíram desde a noite de quarta. Muitos torcedores tiveram dificuldades para chegar ao estádio, inclusive a família do meia norte-americano Clint Dempsey, que foi para a capital pernambucana só para acompanhar o jogo contra a Alemanha, pela rodada final do Grupo G da Copa do Mundo. Mas eles ficaram só na vontade.

"Meus familiares tentaram, mas, infelizmente, foram atrapalhados pelas condições do tempo. Tiveram que retornar para o hotel e assistiram o jogo pela TV", contou o jogador dos Estados Unidos, visivelmente chateado, em entrevista concedida na zona mista da Arena Pernambuco.

Apesar da frustração em ver que sua família não o viu no estádio, Dempsey deixou a arena satisfeito com a classificação, mesmo com a derrota. "Não importa como você chega lá (oitavas). O importante é chegar, mesmo que perdendo. Estamos ajudando o futebol a crescer cada vez mais no nosso país e passar duas vezes seguida é algo histórico, ainda mais em um grupo complicado como o nosso", disse o jogador.

AP Photo/Ricardo Mazalan
O time norte-americano perdeu de 1 a 0 da Alemanha

Em 2010, Estados Unidos enfrentou Gana nas oitavas de final e acabou sendo eliminado na prorrogação. Nesta edição, eles vão pegar o primeiro colocado do Grupo H, que é a Bélgica. O jogo será na terça-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Copa 2014