Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cinco jogadores do Palmeiras vão para o último ano de contrato

Temporada de 2018 pode ser a última no clube para atletas como Fernando Prass e Edu Dracena

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

07 Dezembro 2017 | 07h00

A próxima temporada do Palmeiras vai começar com cinco jogadores perto do fim do contrato. Os goleiros Fernando Prass e Jailson, o zagueiro Edu Dracena, o lateral Mayke e o meia Michel Bastos vão se reapresentar no dia 3 de janeiro para o início do último ano dos seus vínculos e com a possibilidade de não terem a permanência no clube estendida.

+ 'Era o momento de sair do Palmeiras', diz Valentim

+ Palmeiras estuda a vinda de substituto para Valentim

Prass acabou de ampliar em um ano o contrato com o Palmeiras. O goleiro completa 40 anos em julho e assinou o novo vínculo na última semana, após meses de negociação. O colega de posição, Jailson, de 36 anos, acordou a permanência até 2018 em uma reunião com a diretoria realizada em 2016, logo depois da conquista do Campeonato Brasileiro. 

O espaço dos dois no elenco para 2018 deve ter como adversário pela posição o goleiro Weverton. O jogador do Atlético-PR será possivelmente o próximo reforço a ser anunciado pelo Palmeiras. A diretoria procurou a contratação dele por se tratar de um atleta em fim de contrato e mais jovem do que os outros dois goleiros. Weverton vai completar 31 anos na próxima temporada.

No clube desde 2016, o zagueiro Edu Dracena, de 36 anos, teve o vínculo renovado automaticamente em maio. Uma meta estipulada no acordo anterior previa que o vínculo dele seria renovado por mais uma temporada caso atingisse um determinado número de partidas pela equipe. Agora, a permanência dele está assegurada até o fim de 2018.

Já Mayke e Michel Bastos chegaram ao clube nesta temporada e assinaram contratos mais curtos. O lateral foi mais utilizado no ano como titular, mas deve ganhar mais concorrência para a posição, pois a diretoria pretende contratar Rafinha, do Bayern de Munique, e terá o retorno de João Pedro, que esteve emprestado à Chapecoense. Michel passou a maior parte do ano na reserva e teve mais sequência no time como titular na lateral esquerda, já no fim do ano.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras Fernando Prass

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.