Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Cinco meses após se aposentar, Montillo anuncia que voltará em 2018

Jogador argentino de 33 anos ainda não revelou qual equipe vai defender na próxima temporada

Estadão Conteúdo

10 Novembro 2017 | 16h06

O meia argentino Walter Montillo, que se aposentou do futebol há cinco meses, após sofrer com uma série de lesões na atual temporada durante o final de sua passagem pelo Botafogo, anunciou nesta sexta-feira que retornará aos gramados em 2018. A confirmação foi feita pelo atleta por meio de uma publicação nas redes sociais.

+ Montillo anuncia aposentadoria: 'Não podia alimentar uma morte lenta'

O jogador, de 33 anos, revelou na mensagem postada em sua conta no Instagram que não se arrepende da decisão que tomou anteriormente, por entender ter sido a "melhor naquele momento". Entretanto, ele refletiu após "longas conversas" com a esposa e os filhos e teve a iniciativa de voltar atrás para dar outro final a uma "história tão linda" que construiu como profissional.

"Às vezes, dar um passou para trás significa preparar-se para dar quatro à frente. E esse é o meu caso. Há muita gente envolvida que me ajuda todos os dias e não vou decepcioná-los. Especialmente aos três da foto (mulher e dois filhos) que, quando me sinto fraco ou sem vontade de treinar, são sempre os que estão me fazendo mais forte. Por isso, quero que eles saibam por mim mesmo que em janeiro vou voltar a jogar novamente. Porque o sacrifício que todos fizeram e fazem merece um final diferente", escreveu o meio-campista.

Montillo havia viajado na última quarta-feira do Rio de Janeiro para Buenos Aires, onde passaria por uma bateria de exames. Os testes tinham a finalidade de confirmar sua boa condição física para retornar aos gramados no ano que vem.

O argentino ainda não divulgou em qual clube jogará na próxima temporada, mas o Botafogo monitora o jogador e pode ser o seu destino - na época da aposentadoria, Montillo havia dito que daria preferência ao clube carioca caso decidisse retomar a carreira. A outra opção seria a Universidad de Chile, time no qual o meio-campista atuou com sucesso entre 2008 e 2010.

Contratado junto ao Shandong Luneng, da China, Montillo havia conseguido disputar somente 17 jogos pelo time botafoguense e não marcou gols. O rendimento muito abaixo de seu potencial também pesou para que o meio-campista se aposentasse, abrindo espaço a outros jogadores na equipe botafoguense. Ele chegou a declarar que sentia "vergonha" pelas lesões e pelas poucas atuações pelo clube carioca.

Mais conteúdo sobre:
Walter Montillo Botafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.