1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Classificada, Colômbia enfrenta o Japão pelo primeiro lugar no grupo

O Estado de S. Paulo

23 Junho 2014 | 22h 06

Na equipe sul-americana, expectativa é se goleiro Mondragón se tornará o jogador mais velho a atuar por uma seleção na Copa

A Colômbia já cumpriu sua tarefa, justificando o status de cabeça de chave e classificando-se antecipadamente. A dúvida, agora, é saber se o técnico José Pékerman dará descanso a alguns titulares, já que, para garantir o primeiro lugar do grupo, basta um empate no jogo desta terça-feira, contra o Japão, em Cuiabá.

Uma das mudanças que poderiam ser feitas soaria quase como uma homenagem. O goleiro reserva Faryd Mondragón, que completou 43 anos no sábado, poderá se tornar o jogador mais velho a atuar em uma Copa do Mundo se Pékerman decidir usá-lo no jogo. Tomaria o lugar do camaronês Roger Milla, que tinha 42 anos e 39 dias quando jogou contra a Rússia na Copa dos EUA, em 1994.

“Ninguém sabe o que nos espera. Por isso, temos de estar preparados para jogar. Todos os 23 jogadores estão prontos”, disse Mondragón. O goleiro foi titular da Colômbia na Copa da França, em 1998, a última participação do país antes da edição atual, e é o único jogador da Colômbia que já disputou um Mundial.

Eric Gaillard/Reuters
Seleção colombiana tenta confirmar a primeira colocação da sua chave

Em sua primeira Copa após 16 anos de ausência, os colombianos definiram sua classificação antecipada com vitórias contra a Grécia, por 3 a 0, e sobre a Costa do Marfim, por 2 a 1. Com isso, já igualaram sua melhor campanha em um Mundial, as oitavas de final na Itália, em 1990.

É uma grande mudança de cenário para uma seleção que até aspirava a ser protagonista, após uma grande campanha nas Eliminatórias, mas que chegou ao Brasil em meio a grandes incertezas por causa da ausência de algumas figuras-chave, principalmente seu goleador e principal jogador, Falcao Garcia – lesionado, ele não se recuperou a tempo do torneio.

Mas a equipe conseguiu superar esses contratempos com a atuação de seus talentosos meio-campistas James Rodríguez, que acumula dois gols, e Juan Cuadrado, dono de três assistências na Copa.

O time de José Pékerman terá pela frente um Japão que chegou com grandes expectativas, mas que, agora, depois de uma derrota e um empate, precisa desesperadamente da vitória para evitar uma eliminação precoce – além de torcer para que a Costa do Marfim não derrote a Grécia.

FICHA TÉCNICA

JAPÃO X COLÔMBIA

JAPÃO - Kawashima; Uchida, Yoshida, Konno e Nagatomo; Yamaguchi, Hasebe, Okazaki e Okubo; Honda e Osako. Técnico - Alberto Zaccheroni

COLÔMBIA - Ospina; Zuñiga, Zapata, Valdés e Armero; Guarín, Aguilar, Cuadrado e Quintero; Ibarbo e Gutiérrez. Técnico - José Pékerman

JUIZ - Pedro Proença (POR)

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá

HORÁRIO - 17 horas 

TRANSMISSÃO - Globo, Band, ESPN Brasil, SporTV, Bandsports e Fox Sports

Copa 2014