1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Futebol Internacional

Clube que homenageia papa Francisco estreia no futebol argentino neste mês

Fernando Czyz - EFE

01 Março 2014 | 19h 59

Agremiação inicia sua trajetória na sexta divisão da liga local

SÃO PAULO - Às vésperas do papa Francisco completar um ano no cargo máximo da Igreja Católica, o clube Deportivo y Social Papa Francisco, criado em homenagem ao pontífice Jorge Bergoglio, estreou hoje seu uniforme oficial na derrota por 3 a 0 diante de um combinado do Argentino de Quilmes, em amistoso preparativo para a estreia na sexta divisão do Campeonato Argentino, agendada para o dia 22 de março. Antes, a equipe havia goleado o 894 FC por 6 a 0.

Fundado em outubro do ano passado, o clube se registrou na Associação de Futebol da Argentina (AFA) em dezembro e fica localizado no bairro de San Francisco Solano, que fica cerca de 20 km da capital Buenos Aires. Segundo o presidente Jorge Ramírez, o principal objetivo da agremiação é "fazer um trabalho social".

"Não me importa o dinheiro. Quero mostrar uma transparência que não existe no futebol argentino e espero que o clube nunca perca este valor", afirmou.

A ideia inicial era de fundar um clube de futebol e batizá-lo com o nome de Real Buenos Aires, em homenagem ao Real Madrid. No entanto, Ramírez sugeriu fazer a homenagem ao papa Francisco e a ideia foi aceita. De acordo com o presidente, o projeto ganhou muita força durante a visita de Jorge Bergoglio ao Brasil.

"A visita do papa ao Rio de Janeiro pela Jornada Mundial da Juventude foi a inspiração para levar adiante este projeto, que foi idealizado há uns seis, sete anos", acrescentou.

O clube Deportivo y Social Papa Francisco vai mandar seus jogos no estádio municipal de Luján, que fica a 65 km a oeste de Buenos Aires e é um local considerado como referência aos católicos argentinos. A competição conta com 18 equipes e os quatro primeiros colocados garantem vaga na quinta divisão do Campeonato Argentino.

Futebol Internacional