1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Clubes europeus cedem 76% dos jogadores da Copa

AE - Agência Estado

11 Junho 2014 | 13h 13

Os times da Europa são responsáveis por ceder 563 dos 736 (76,4%) dos jogadores convocados para disputar a Copa do Mundo no Brasil, segundo dados da Associação de Clubes Europeus. Das 32 seleções participantes, 13 são da Europa - menos da metade, portanto -, o que mostra a força do mercado europeu em contratar atletas de alto nível de outros continentes.

Manchester United e Bayern de Munique terão 14 representantes cada no Mundial de 2014, tornando-se os clubes recordistas de convocados para essa edição da competição. A Fifa paga aos clubes US$ 2,8 mil por dia por cada jogador está na Copa defendendo sua seleção, gasto que ao final da competição vai ficar em torno de US$ 70 milhões.

O quadro de dominância do mercado europeu se reflete no Brasil, que tem apenas quatro dos 23 convocados atuando no País, um atleta a mais de clubes brasileiros do que em 2006 e 2010. Para a edição de 2014, Felipão chamou Jefferson, do Botafogo, Fred, do Fluminense, e Victor e Jô, ambos do Atlético-MG.

Excetuando os quatro "brasileiros" e o goleiro Julio César - que defende o Toronto FC, do Canadá -, todos os outros convocados por Felipão jogam na Europa, divididos em sete países diferentes: Ucrânia, Alemanha, França, Espanha, Itália, Inglaterra e Rússia. Chelsea e Paris Saint-Germain são os clubes com o maior número de representantes na seleção, três cada um - a transferência de David Luiz do clube inglês para o francês empatou a contagem.

A última vez que uma lista brasileira para uma Copa teve mais jogadores de times nacionais do que estrangeiros foi em 2002 - 12 contra 11. A única vez em que a seleção foi campeã sem ter em maioria atletas que atuavam no País foi em 1994, mas o "placar" Brasil contra Europa apontava 11 a 10, sendo que o time nacional ainda contava com um representante que atuava no futebol japonês. Porém, a seleção não ganha o torneio com mais titulares de equipes brasileiras desde 1970 - todos os 22 convocados naquela oportunidade jogavam em times locais.

Copa 2014