Damien Meyer/ AFP
Damien Meyer/ AFP

Com 3 gols de brasileiros, campeão Monaco encerra Francês com mais uma vitória

Fabinho, Jemerson e Jorge marcam na partida e time supera o Rennes fora de casa

Estadao Conteudo

20 Maio 2017 | 19h22

O Monaco fechou muito bem a sua participação no Campeonato Francês. Após conquistar o título nacional na última quarta-feira, o time superou o Rennes por 3 a 2, fora de casa, pela rodada final da competição, com todos os seus gols sendo marcados por brasileiros: Jemerson, Jorge e Fabinho.

O novo triunfo ampliou números impressionantes do Monaco, pois foi o 12º consecutivo do time no torneio, que também encerrou o Campeonato Francês com uma invencibilidade de 20 partidas. Além disso, encerrou o torneio com 107 gols marcados em 38 partidas e 95 pontos somados, oito a mais do que o vice-campeão Paris Saint-Germain. Já o Rennes parou nos 50 pontos, na nona posição.

Neste sábado, o Monaco entrou em campo com um time misto, ainda que contando com alguns dos seus principais jogadores, como Mbappé e Bakayoko. E talvez por isso, mesmo um ataque poderoso, o Monaco demorou a abrir o placar. O primeiro gol só foi surgir aos 41 minutos da etapa final, quando Lamar acionou Germain, que finalizou para boa defesa de Costil. Só que Fabinho, que também participou da construção da jogada, pegou o rebote e finalizou às redes.

Os outros gols da partida saíram no segundo tempo. E o primeiro deles foi logo aos dois minutos, sendo marcado pelo zagueiro Jemerson, ex-Atlético Mineiro e recém-convocado para a seleção brasileira por Tite, que marcou de cabeça após cobrança de escanteio de Lamar.

Saindo do banco de reservas, Mouctar Diakhaby diminuiu para o Rennes ao converter pênalti aos 24 minutos. Só que o Monaco voltou a marcar aos 32. O ex-flamenguista Jorge, que teve poucas chances no clube desde a sua chegada no início do ano, fez um belo gol, com um chute de primeira, após receber passe de Sidibé.

Diakhaby fez o seu segundo gol na partida, aos 45 minutos, após passar por Fabinho e finalizar duas vezes - na primeira, parou em Badiashile -, mas não evitou o novo triunfo do campeão francês.

O vice-campeão PSG não foi além do empate por 1 a 1 com o Caen, em casa. Adrien Rabiot abriu o placar para o time da casa e Sylvio Ronny Rodelin empatou para os visitantes, que conseguiram um resultado suficiente para se livrarem do risco de rebaixamento, ficando em 17º lugar.

O Nancy, que bateu o Saint-Étienne, por 3 a 1, e o Bastia, que perdeu para o Olympique de Marselha por 1 a 0, foram rebaixados. Já o Lorient, que empatou em casa por 1 a 1 com o Bordeaux, ficou na 18ª posição e disputará um playoff com o Troyes, o terceiro colocado da segunda divisão, para definir quem jogará na elite na próxima temporada.

Já com o terceiro lugar assegurado, o que lhe garante na terceira fase da Liga dos Campeões, o Nice empatou por 3 a 3 com o Lyon, o quarto colocado, classificado à Liga Europa, assim como o quinto Olympique. Já o sexto Bordeaux agora torcerá para o PSG superar o Angers na decisão da Copa da França para também levar uma vaga na Liga Europa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.