1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Copa 2014

Com forte apoio da torcida, seleção deixa Teresópolis para 2º jogo

Leandro Silveira - Enviado especial a Teresópolis - Agência Estado

15 Junho 2014 | 14h 45

Mais de mil pessoas se aglomeraram nos arredores da Granja

Apoiada por mais de mil pessoas que se aglomeraram nos arredores da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), a seleção brasileira deixou a sua concentração no início da tarde deste domingo, de ônibus, iniciando a viagem para Fortaleza, onde vai enfrentar, na próxima terça-feira, o México, no Castelão, em partida válida pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo.

A saída da seleção foi pacífica e teve apenas palavras de incentivo dos torcedores, ansiosos por um contato mais próximo, mesmo que apenas visual, com os jogadores brasileiros. Mesmo assim, foi adotado um forte esquema de segurança, com mais de 170 homens, incluindo policiais militares e membros do Exército.

Alguns deles, inclusive, fizeram um cordão de isolamento com os braços dados para evitar que a passagem do ônibus por uma estreita rua nos arredores da Granja Comary fosse atrapalhada por alguns torcedores. Assim, sob calor, os fãs apenas puderam ver a passagem do veículo, com apenas alguns jogadores acenando timidamente.

A segurança em Teresópolis é uma das grandes preocupações desde o início da preparação da seleção para a Copa. E vem se intensificando nos últimos dias, tendo como principal foco uma grade de um condomínio fechado próxima ao campo 2 da Granja Comary. No local, centenas de torcedores estão se aglomerando diariamente.

Eduardo Nicolau/Estadão
Saída da seleção foi pacífica e teve apenas palavras de incentivo dos torcedores

Esses fãs gritam os nomes dos seus ídolos e tentam tirar fotos e recolher autógrafos, sendo que costumam ser atendidos por alguns dos jogadores após os treinamentos. Alguns desses torcedores, inclusive, já invadiram o campo da Granja Comary, o que causa preocupação nas forças de segurança e no estafe da CBF. Neste domingo, dois deles entraram no local e foram atendidos pelos zagueiros David Luiz e Henrique.

A seleção deixou Teresópolis com os 23 jogadores convocados por Felipão para a Copa, incluindo o atacante Hulk, que saiu nos minutos iniciais do coletivo deste domingo e pode desfalcar a equipe diante do México em razão de dores musculares na coxa esquerda. O volante Ramires é o favorito para substituí-lo, caso seja vetado pelo departamento médico, mas o meia-atacante Bernard também pode ficar com a vaga.

A seleção embarca às 15h30, no Rio, e segue para Fortaleza, com chegada prevista para as 19h30 no hotel onde ficará concentrada. Na segunda-feira, a equipe vai treinar no Castelão, em atividade que será aberta aos jornalistas por apenas 15 minutos, na véspera do duelo com o México, marcado para as 16 horas da terça-feira.

Copa 2014