Coritiba/Site Oficial
Coritiba/Site Oficial

Com gol de letra, Coritiba bate Vitória e vira vice-líder do Brasileirão

Rildo marca um golaço e garante triunfo dos paranaenses sobre baianos

Estadão Conteúdo

27 Maio 2017 | 23h18

Um belo gol de letra do atacante Rildo serviu para o Coritiba subir bastante na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. A bonita jogada foi o suficiente para o time do Paraná derrotar o Vitória por 1 a 0, neste sábado, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela terceira rodada, e se colocar na vice-liderança da competição nacional.

Com seis pontos, o Coritiba tem a companhia de outras quatro equipes. No saldo de gols, perde apenas para o Grêmio (4 a 3), mas fica na frente de São Paulo, Fluminense e Vasco. Destes, apenas o time gaúcho ainda joga neste domingo pela terceira rodada - encara o Sport, no Recife. No entanto, outros quatro rivais podem ultrapassá-lo: Flamengo, Chapecoense, Corinthians e Cruzeiro.

Do outro lado, o Vitória já pode entrar em uma crise ainda no terceiro jogo do campeonato. Esta foi a segunda derrota consecutiva em casa e o time está com apenas um ponto, dentro da zona de rebaixamento - em 17.º lugar. Corre o risco até de terminar a rodada na lanterna se Sport, Atlético Paranaense e Atlético Goianiense vencerem seus jogos.

Nem mesmo o técnico sérvio Dejan Petkovic, ídolo da torcida na época de jogador na década de 1990, foi poupado em sua terceira partida no comando. No segundo tempo, após uma substituição reprovada pelos quase oito mil torcedores que foram à Arena Fonte Nova, já teve de ouvir gritos de "burro".

Na próxima rodada, o Vitória vai até o Rio de Janeiro para enfrentar o Fluminense, às 21 horas do próximo sábado, no estádio do Maracanã. O Coritiba volta a campo no clássico contra o Atlético Paranaense, no mesmo dia, às 16 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Em campo, o jogo não foi dos melhores tecnicamente. O Coritiba, mesmo fora de casa, jogou melhor e criou as melhores oportunidades. No primeiro tempo, o atacante Henrique Almeida perdeu duas - uma na trave e outra em uma cabeçada defendida de forma incrível pelo goleiro Fernando Miguel.

Na segunda etapa, o Vitória não conseguiu mostrar qualquer força ofensiva e sofreu na defesa. Aos nove minutos, uma jogada incrível. Após uma recuada de Alan Costa para Fernando Miguel, o árbitro paulista Vinícius Gonçalves Dias Araújo marcou tiro indireto com a bola na linha da pequena área. Henrique Almeida cobrou a falta e Paulinho salvou em cima da linha. Na sequência, o goleiro baiano faz duas grandes defesas após tentativas de William Matheus e do próprio Henrique Almeida.

Mas a grande atuação de Fernando Miguel não foi suficiente para ajudar o Vitória. Pouco depois de entrar em campo, Rildo deixou a sua marca com um belo gol de letra, após cruzamento da direita de Tiago Real, aos 26 minutos. O gol abalou o Vitória, que não reagiu e ainda sofreu com os protestos de sua torcida.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 0 x 1 CORITIBA

VITÓRIA - Fernando Miguel; Leandro Salino, Fred, Alan Costa e Geferson; Willian Farias (Rafaelson), Uillian Correia e Cleiton Xavier (Pisculichi); Paulinho (Jean Pineda), David e Kieza. Técnico: Dejan Petkovic.

CORITIBA - Wilson; Dodô, Márcio, Werley e William Matheus; Alan Santos (Tiago Real), Matheus Galdezani e Tomas Bastos (Jonas); Neto Berola (Rildo), Henrique Almeida e Kleber. Técnico: Pachequinho.

GOL - Rildo, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fred, Uillian Correia e Paulinho (Vitória); Tiago Real, Jonas e Tomas Bastos (Coritiba).

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP).

RENDA - R$ 99.669,00.

PÚBLICO - 7.813 pagantes.

LOCAL - Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.