1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Futebol Internacional

Com gol no fim e Rafael inspirado, Napoli vence estreia no Italiano

Estadão Conteúdo

31 Agosto 2014 | 19h 29

Goleiro convocado por Dunga para a seleção brasileira foi um dos destaques da equipe de Nápoles durante partida contra o Genoa

Criticado por sua atuação diante do Athletic Bilbao, no jogo de volta dos playoffs para a fase de grupos da Liga dos Campeões, o goleiro Rafael foi decisivo para que o Napoli estreasse com vitória no Campeonato Italiano, neste domingo. Com uma sequência de grandes defesas, ele ajudou o time a vencer o Genoa por 2 a 1, fora de casa, e abrir a competição com três pontos.

Convocado por Dunga para atuar pela seleção brasileira nos amistosos contra Equador e Colômbia, respectivamente nos próximos dias 5 e 9, nos Estados Unidos, o ex-goleiro do Santos agora irá se apresentar ao comandante do time nacional. Antes disso, ele viu o Napoli abrir o placar logo aos 3 minutos do primeiro tempo, com um gol de Callejón neste domingo.

Depois disso, o goleiro brasileiro mostrou muito reflexo para defender finalizações à queima-roupa, mas acabou não conseguindo evitar o empate aos 40 minutos, quando o chileno Pinilla deu bela cabeçada para deixar tudo igual.

Na etapa final, o Napoli pressionou muito, mas sofria para fazer o segundo gol, o que só foi acontecer nos acréscimos, aos 50 minutos, quando o holandês De Guzmán, contratado junto ao Swansea, da Inglaterra, definiu o confronto.

Outro time que estreou com vitória nesta primeira rodada do Campeonato Italiano foi a Udinese, que superou o Empoli por 2 a 0, em casa, com dois gols de Di Natale. O mesmo ocorreu com o Cesena, que superou o Parma por 1 a 0, também em casa, com um gol de Alejandro Rodriguez.

Em outros jogos encerrados há pouco nesta primeira rodada, aconteceram os seguintes resultados: Palermo 1 x 1 Sampdoria, Sassuolo 1 x 1 Cagliari e Torino 0 x 0 Inter de Milão. Nesta última partida, Larrondo perdeu um pênalti para a equipe de Turim no início da partida, enquanto Vidic foi expulso pela equipe visitante no fim do confronto.

Futebol Internacional