Com gol no fim, Juventude vira sobre o Paraná e embola a liderança da Série B

Equipe gaúcha chega aos sete pontos na segunda divisão nacional

Estadão Conteúdo

27 Maio 2017 | 21h22

Em jogo movimentado, com bolas na trave e virada nos minutos finais, o Juventude conseguiu se manter entre os líderes da Série B do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time gaúcho derrotou o Paraná por 2 a 1, de virada, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), no encerramento da terceira rodada.

O Juventude é um dos invictos da Série B, dividindo a liderança com CRB e Paysandu - todos com sete pontos. Mas o time paraense leva vantagem no saldo de gols: 3 a 2. O Paraná, por sua vez, perdeu a primeira e caiu para oitavo lugar com cinco pontos.

O visitante surpreendeu no início e foi para cima, carimbando a trave do Juventude logo aos quatro minutos em finalização cruzada de Assis. No mesmo lance, Minho e Robson ainda finalizaram, mas não conseguiram marcar, para alívio da torcida gaúcha. O Juventude teve dificuldades para construir jogadas de ataque e só chegou em lançamentos longos. Em duas bolas deste tipo, Lucas e Tiago Marques assustaram, mas erraram o alvo e o empate persistiu.

O segundo tempo também começou em ritmo alucinante. Desta vez foi o Juventude quem assustou no início. Em cobrança de falta, Leilson carimbou a trave de Marcos. Logo em seguida, porém, o Paraná abriu o placar. Aos 12 minutos, depois de bate-rebate dentro da área, Felipe Alves apareceu para finalizar de bico e vencer o goleiro Matheus.

A comemoração paranaense durou apenas dois minutos porque no ataque seguinte saiu o empate dos donos da casa. Aos 14, Leilson cobrou falta em direção à área, Assis tentou fazer o corte, mas colocou contra a própria meta.

Os times pagaram o preço do jogo intenso no decorrer do segundo tempo e a partida caiu de nível por conta do cansaço. Mesmo com a queda de rendimento, o Juventude ainda conseguiu acertar a trave do adversário mais uma vez com Juninho. A resposta do Paraná veio com Matheus Biteco, um dos titulares poupados no início do jogo. Ele girou em cima da marcação e bateu, parando no goleiro Matheus.

Ainda nos minutos finais, Marcos salvou o Juventude em cabeçada à queima-roupa de Diego Felipe. Aos 46 minutos, porém, o goleiro não pode fazer nada em outra finalização de Diego Felipe, aproveitando bola viva dentro da área e decretando a vitória.

O Paraná faz duelo decisivo contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira, em Belo Horizonte, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida ganhou por 3 a 2. O Juventude tem uma semana de descanso e volta a campo no duelo gaúcho contra o Internacional, no próximo sábado, às 19 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela quarta rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 2 x 1 PARANÁ

JUVENTUDE - Matheus; Tinga, Domingues, Micael e Pará (Bruno Collaço); Lucas, Fahel (Diego Felipe), Juninho e Leílson; Ramon (Caprini) e Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

PARANÁ - Marcos; Cristovam, Wallace, Eduardo Brock e Assis; Jhony, Alex Santana, Matheus Carvalho (Guilherme Biteco) e Minho; Robson (Nathan) e Felipe Alves (Rafinha). Técnico: Cristian de Souza.

GOLS - Felipe Alves, aos 12, Assis (contra), aos 14, e Diego Felipe, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Marcos, Jhony e Minho (Paraná).

ÁRBITRO - Sávio Pereira Sampaio (DF).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Mais conteúdo sobre:
futebol Juventude Paraná

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.