Nick Potts/AP
Nick Potts/AP

Com gols de Lingard, Manchester United vai às quartas da Copa da Liga Inglesa

Meia faz os dois gols da vitória sobre o Swansea por 2 a 0 no País de Gales

Estadão Conteúdo

24 Outubro 2017 | 19h02

Vindo de dois tropeços no Campeonato Inglês, o que o afastou do rival e líder Manchester City, o Manchester United espantou a zebra nesta quarta-feira. Pelas oitavas de final da Copa da Liga Inglesa, o time contou com gols do meia Jesse Lingard para superar o Swansea por 2 a 0, fora de casa, avançando no torneio mata-mata.

+ City bate o Burnley e aproveita derrota do United para disparar no Inglês

Em País de Gales, o Manchester United não atuou com a força máxima, deixando vários titulares no banco de reservas - Lukaku e Matic só entraram em campo durante o segundo tempo. Até por isso, o time não teve grande atuação. Mas também não correu grandes riscos, com o Swansea dando pouco trabalho ao goleiro argentino Sergio Romero.

O time de Manchester encaminhou a sua classificação ao abrir o placar aos 20 minutos do primeiro tempo com um gol marcado em bela jogada. Rashford deu passe de calcanhar para Lingard, que avançou livre até a entrada da grande área, quando tocou na saída do goleiro adversário.

Lingard voltou a aparecer no segundo tempo. Dessa vez, o meia marcou de cabeça, após cruzamento de Darmian, aos 14 minutos. Assim, definiu a vitória do Manchester United por 2 a 0 e a sua passagem às quartas de final da Copa da Liga Inglesa, seguindo firme na defesa do título conquistado na temporada passada. O próximo adversário da equipe será definido através de sorteio nesta quarta-feira.

Também nesta quarta, o Bournemouth avançou com o triunfo por 3 a 1 sobre o Middlesbrough, da segunda divisão inglesa. O Bristol City, da segunda divisão, aproveitou o fator casa para fazer 4 a 1 no Crystal Palace e passar de fase na Copa da Liga Inglesa. Além disso, de virada, o Leicester fez 3 a 1 no Leeds United, clube tradicional, mas que hoje está apenas na divisão de acesso da Inglaterra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.