Tony O'Brien / Reuters
Tony O'Brien / Reuters

Com lesão no joelho, Fellaini desfalca Bélgica e o Manchester United

Volante rompeu o ligamento colateral medial em partida diante da seleção de Bósnia-Herzegovina

Estadão Conteúdo

09 Outubro 2017 | 15h50

Classificada antecipadamente para a Copa do Mundo de 2018, a seleção da Bélgica sofreu uma baixa para o seu último compromisso nas Eliminatórias Europeias. O técnico Roberto Martínez comunicou nesta segunda-feira que Marouane Fellaini rompeu o ligamento colateral medial do joelho esquerdo e foi liberado para retornar ao Manchester United, o seu clube na Inglaterra, onde vai realizar tratamento.

+ Neymar, Marcelo e Coutinho são finalistas à Bola de Ouro de revista francesa

Fellaini se lesionou no primeiro tempo da vitória da Bélgica por 4 a 3 sobre a seleção da Bósnia-Herzegovina, em Sarajevo, no último sábado, em partida válida pelas Eliminatórias, com Dendoncker entrando no seu lugar. E os exames médicos realizados pelo meio-campista confirmaram a contusão no seu joelho.

A lesão de Fellaini é mais um problema para o meio-de-campo do Manchester United, pois o técnico José Mourinho já não podia contar com o francês Paul Pogba, que ainda se recupera de uma lesão muscular.

Após o fim da pausa das competições de clubes para compromissos das seleções, o Manchester United vai visitar o rival Liverpool, em clássico válido pelo Campeonato Inglês e não poderá contar nesse importante compromisso com Fellaini.

Apesar de ter confirmado a lesão do meio-campista, Roberto Martínez não revelou o período que o jogador ficará afastado dos gramados. De qualquer forma, ele não poderá encarar o Chipre, pela rodada final do Grupo H das Eliminatórias, nesta terça, além de perder o clássico entre United e Liverpool.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.