1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail
Futebol Internacional

Com dois do artilheiro Higuain, Napoli ganha e dispara na liderança

- Atualizado: 16 Janeiro 2016 | 20h 32

Virada por 3 a 1 sobre Sassuolo faz time abrir 4 pontos do segundo

Um time de "operários" em campo, com um técnico sem grande destaque na mídia, um esquema tático bem definido e, principalmente, com um artilheiro em um momento inspirado na carreira. Assim é o Napoli, que neste sábado contou com mais dois gols do centroavante argentino Gonzalo Higuain - agora com 20 na artilharia isolada - para derrotar de virada o Sassuolo por 3 a 1, no estádio San Paolo, em Nápoles, e disparar na liderança do Campeonato Italiano, em sua 20.ª rodada.

Agora com 44 pontos, o Napoli aproveitou o tropeço da Internazionale mais cedo - empate por 1 a 1 com a Atalanta, em Bérgamo - e abriu quatro de vantagem na tabela de classificação. Neste domingo, torcerá contra a Juventus (39, que encara o Verona em casa) e a Fiorentina (38, que visita o Milan). Já o Sassuolo, na luta por vaga em competição europeia, é o sexto com 31 pontos.

Em campo, logo no início o Sassuolo mostrou as razões de ser uma das grandes surpresas da competição. No primeiro minuto, Sansone fez boa jogada pela esquerda e cavou um pênalti ao ser derrubado por Albiol. Diego Falcinelli cobrou bem e abriu o placar para os visitantes, que sonhavam em repetir a façanha do domingo anterior, quando derrotaram a então líder Internazionale, em Milão.

Higuaín foi para a galera após anotar dois gols da vitória do líder Napoli

Higuaín foi para a galera após anotar dois gols da vitória do líder Napoli

Mesmo em desvantagem, o Napoli não se desesperou e manteve o seu estilo de jogo de ter a posse de bola e usar as laterais para chegar ao ataque. Deu certo aos 19 minutos, quando Insigne recebeu pela esquerda e cruzou alto na primeira trave. O espanhol Callejon se antecipou à zaga e cabeceou no contrapé do goleiro Consigli para empatar a partida.

Até o final do primeiro tempo, o Napoli seguiu atacando. Insigne perdeu uma grande chance em jogada individual, aos 35 minutos, mas pouco tempo depois, aos 42, o time napolitano repetiu o lance do primeiro gol e fez o segundo, desta vez com Higuain, que foi mais rápido que os zagueiros do Sassuolo em um cruzamento rasteiro de Hamsik.

Na segunda etapa, o Sassuolo tentou atacar mais, principalmente com Sansone pela esquerda, mas só conseguiu uma jogada perigosa com Falcinelli, em cabeçada que passou perto da meta de Reina. O Napoli explorou mais os contra-ataques e perdeu algumas chances com Higuain e Mertens. No final, aos 46, o argentino definiu a vitória em um chute forte e rasteiro de dentro da área.

Em outro jogo deste sábado, o Torino teve a reestreia do centroavante Immobile, que marcou um em cobrança de pênalti, e venceu o Frosinone por 4 a 2, em casa. Com 25 pontos, o time de Turim subiu para a 11.ª colocação, mais distante da zona de rebaixamento. Nela está o rival desta rodada - ocupa o 18.º lugar com 15 pontos.

Futebol Internacional
Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em EsportesX