1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Com Mano, Corinthians repete empates em excesso de Tite

Alvinegro já empatou sete vezes em 15 rodadas. Para Guerrero, motivo é que o time prioriza a defesa, e não o ataque

Assim como nos tempos de Tite, o Corinthians continua como a equipe que mais empata no Campeonato Brasileiro, agora sob o comando de Mano Menezes. Em 15 jogos, o time empatou sete. No ano passado, o Alvinegro terminou o Nacional com 17 empates em 38 rodadas.

Boa parte dos empates do Corinthians neste Brasileiro veio contra equipes de estão na parte debaixo da tabela de classificação e lutam contra o rebaixamento. São os casos das partidas contra Bahia (1 a 1), Coritiba (0 a 0), Botafogo (1 a 1) e Vitória (0 a 0).

Para o atacante Guerrero, o Corinthians empata muito porque é um time que não costuma correr muitos riscos durante as partidas. “Somos uma equipe muito disciplinada e ordenada. Fazemos poucos gols, mas nos defendemos bem. O importante é não tomar gol e se defender bem. Infelizmente não estamos criando as jogadas para fazer os gols e, por isso, estamos empatando tanto. Jogamos sistematicamente como Mano quer", disse.

Guerrero entra na mira de clube inglês
Guerrero entra na mira de clube inglês

Guerrero ainda lamenta o empate do último sábado contra o Bahia, que permitiu que o Cruzeiro voltasse a abrir cinco pontos de vantagem na liderança. O Corinthians é o terceiro colocado do Campeonato Brasileiro com 28 pontos e o Cruzeiro tem 33.

"Devemos ter mais concentração. Sábado não poderíamos ter tomado aquele gol. Era um jogo para ganhar de 1 a 0 ou 2 a 0. Mas tomamos um gol e as coisas complicaram", disse.

O Corinthians tenta retomar o caminho das vitórias na quinta-feira, quando recebe o Goiás no Itaquerão. "É muito importante ter um jogo logo, para esquecermos esse jogo ruim (empate contra o Bahia) para nós. Temos de ganhar se quisermos ganhar o título brasileiro. Já estamos analisando esse jogo contra o Goiás e sabemos da importância de ganhar os três pontos aqui."