1. Usuário
Assine o Estadão
assine
Copa 2014

Com medo de protestos, seleções chegam ao Brasil sem muita festa

Paulo Favero - O Estado de S. Paulo

28 Maio 2014 | 07h 07

A Austrália ficará em Vitória, no Espírito Santo, e será a primeira a desembarcar no País

SÃO PAULO - A Austrália será a primeira seleção a desembarcar no Brasil para a Copa. Depois dela, já no mês de junho, virão as outras 30 seleções – o Brasil, dono da casa, já treina em Teresópolis. Por meses as cidades disputaram a atenção das equipes e tentaram seduzir os dirigentes para que trouxessem suas seleções para determinado local. Algumas felizardas foram escolhidas, mas no momento de colher os frutos, os municípios estão com receio de fazer muita festa em um momento de possíveis manifestações.

Desta forma, as questões de voos das delegações estão sendo tratadas com sigilo para que não exista qualquer incidente no desembarque das equipes. Seleções de forte apelo geopolítico, como Estados Unidos e Rússia, já ligaram o alerta e não querem lidar com problemas durante a estadia no Brasil. Para também evitar qualquer situação mais delicadas, foram feitos alguns testes nas sedes dos Centros de Treinamento de Seleções para ensaiar o trajeto do aeroporto até o hotel.

O Irã, por exemplo, apostou na logística para não ter de enfrentar trânsito no Brasil. A equipe ficará instalada em um hotel em Guarulhos, bem próxima do aeroporto de Cumbica, e treinará no CT do Corinthians. Outros times buscaram o sossego do interior, como o Uruguai, que ficará em Sete Lagoas. Já Espanha, Argentina e Colômbia, por exemplo, optaram por treinar em locais que possuem campos de futebol e hotel no mesmo terreno, assim não terão dificuldade para se locomover de um lugar para outro.

PUXANDO A FILA

A delegação da Austrália chega hoje à noite em Vitória, local escolhido para ser sua sede durante a primeira fase do Mundial, e ficará no Hotel Senac Ilha do Boi. A equipe do técnico Ange Postecoglou já treinará amanhã na capital do Espírito Santo e, no dia 31, fará um treino aberto na Arena Unimed Sicoob. O gramado está no padrão Fifa e o campo foi totalmente reformado.

Também foi feita uma pintura nas paredes, melhorando significativamente o visual. "A Federação de Futebol recebeu o apoio do governo do Estado para trazer as seleções para cá. Sem isso não conseguiríamos fazer as reformas e acho que teremos um ótimo legado na cidade. A gente fica feliz de receber duas equipes e estar inseridos na Copa", diz Marcus Vicente, presidente da federação.

Além da Austrália, a cidade capixaba receberá também a seleção de Camarões, que só chegará em Vitória no dia 7. Segundo Lilian Siqueira, secretária de Estado de Esportes e Lazer, existe um grande envolvimento em nível de Governo e principalmente de toda a população do Espírito Santo. "Há três anos, temos planejado e investido para transformar o estado em referência na preparação de atletas. O Espírito Santo participou de todo o processo de candidatura de sede e subsedes da Copa do Mundo, tivemos um ótimo retorno e agora estamos recebendo pela primeira vez duas seleções para treinamento."

Ela explica que está sendo organizado hoje um receptivo no hotel onde os jogadores estarão hospedados, para dar as boas-vindas para a Austrália. E lembra ainda que os dois campos de treinamento terão o "Espaço ES", criado para que as secretarias de cultura do governo apresentem seus projetos. "Lá os jornalistas de todo mundo, autoridades internacionais e delegações poderão utilizar o local como meio de interação, além de ser uma forma de divulgação da cultura, esporte e turismo do Espírito Santo."

SEQUÊNCIA

Depois da Austrália, as outras seleções que chegarão ao Brasil são Irã e Croácia, adversária do time de Felipão na abertura da Copa. Em seguida vem o Chile, que desembarca em Belo Horizonte no dia 5 de junho. A partir daí, todos os dias veremos delegações estrangeiras em nossos aeroportos. O dia de maior fluxo será 9 de junho, quando chegam Argentina, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, França, Honduras e Uruguai.

Curiosamente, uma das seleções mais esperadas pela torcida brasileira, Portugal, do craque Cristiano Ronaldo, será a última a desembarcar por aqui. A equipe chega ao País somente em 11 de junho, na véspera do primeiro jogo do Mundial em São Paulo. Vale lembrar que, pelos critérios estabelecidos pela Fifa, cada seleção deve chegar pelo menos cinco dias antes de sua estreia no torneio.

Copa 2014