Miguel Schincariol/ AFP
Miguel Schincariol/ AFP

Com voltas de Diego Souza e Douglas Costa, Tite convoca seleção para amistosos

Últimos jogos do Brasil em 2017, com Japão e Inglaterra, estão marcados para os dias 10 e 14 de novembro

O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2017 | 11h27

O técnico Tite faz nesta sexta-feira a última convocação da seleção brasileira no ano e chamou Diego Souza, Douglas Costa, Taison e Giuliano como novidades na relação de 25 nomes para os amistosos de novembro contra o Japão, no dia 10, e Inglaterra, quatro dias mais tarde. As partidas serão disputadas em Lille, na França, e em Londres, respectivamente.

+ Confira como foi a convocação da seleção brasileira

+ Tite já tem seu time-base, mas ainda há vagas abertas no grupo​

Para os dois últimos jogos da temporada 2017, Tite manteve a base que assegurou a classificação para a Copa do Mundo através das Eliminatórias Sul-Americanas, com a melhor campanha do classificatório da Conmebol, após um início titubeante, mas que se consolidou exatamente após o treinador assumir a equipe em substituição a Dunga. Ainda assim, voltou a apresentar novidades na relação. 

+ Com Brasil em segundo, ranking da Fifa define cabeças de chave da Copa

+ Tite aponta Brasil, França e Alemanha como os favoritos para a Copa

Com Neymar e Gabriel Jesus absolutos no ataque da seleção, além de Roberto Firmino consolidado como reserva, Tite ainda não tem claro o nome do quarto atacante do seu grupo para a Copa do Mundo. E isso ficou claro na divulgação da lista de convocados, pois as grandes novidades foram jogadores de ataque, com as presenças de Douglas Costa, Taison e Diego Souza na lista.  

Três das novidades chamadas por Tite atuam fora do Brasil, casos de Douglas Costa, Taison e Giuliano. Todos eles foram chamados em oportunidades anteriores pelo treinador, mas haviam ficado de fora da última lista, para os jogos finais das Eliminatórias, diante da Bolívia e do Chile. Hoje na Juventus, Douglas Costa também foi descartado de várias listas da seleção por estar contundido. 

A outra novidade é Diego Souza, do Sport. Além dele e Cássio, do Corinthians, e Diego, foram os jogadores que atuam no Brasil e apareceram nesta lista de Tite - o meia do Flamengo, aliás, havia sido chamado para últimos jogos do Brasil no classificatório para a Copa do Mundo, mas precisou ser cortado por causa da lesão. 

Os clubes do País serão afetados por essa convocação, pois o Campeonato Brasileiro não será paralisado para a disputa dos amistosos. Assim, é possível que eles fiquem de fora de até três rodadas da competição - 33ª, 34ª e 35ª, que serão realizadas entre 8 e 16 de novembro. 

Tite também apresentou uma alteração em comparação aos jogadores da lateral esquerda chamados. O treinador manteve a aposta em Marcelo, do Real Madrid e considerado titular absoluto, mas dessa vez chamou Alex Sandro, da Juventus, ao invés de Filipe Luís, do Atlético de Madrid. 

O jogador da Juventus recebeu chances nos jogos finais das Eliminatórias após os atletas dos times espanhóis serem cortados por lesões. Ambos estão recuperados, mas agora Tite opta por chamar apenas Marcelo, deixando Filipe Luís fora da relação, convocando Alex Sandro. Já na lateral direita, Danilo se consolida como reserva de Daniel Alves, pois voltou a ser convocado por Tite, ao invés de Fagner, que outrora tinha a preferência do treinador. 

A previsão da comissão técnica é que a seleção inicie a preparação em 6 de novembro, com três dias de treinos no Parque dos Príncipes, em Paris, antes da atividade final para o jogo com o Japão em Lille, o palco do duelo no dia 10. Já os treinos para o amistoso com a Inglaterra deverão ser na estrutura do Fulham, com o último sendo em Wembley, que receberá a partida no dia 14. 

Além dos amistosos contra a Inglaterra e Japão, o Brasil já tem outros dois jogos agendados na preparação para a Copa do Mundo. Em março de 2018, a equipe fará partidas contra a Alemanha e a Rússia. 

CONVOCADOS

Goleiros: Cássio (Corinthians); Alisson (Roma); Ederson (Manchester City)

Zagueiros: Miranda (Inter de Milão); Marquinhos (PSG); Thiago Silva (PSG); Jemerson (Monaco);

Laterais: Daniel Alves (PSG); Danilo (Manchester City); Alex Sandro (Juventus); Marcelo (Real Madrid);

Meias: Casemiro (Real Madrid); Paulinho (Guangzhou Evergrande); Fernandinho (Manchester City); Philippe Coutinho (Liverpool); Renato Augusto (Beijing Guoan); Willian (Chelsea); Diego (Flamengo); Giuliano (Fenerbahce);

Atacantes: Roberto Firmino (Liverpool), Taison (Shakhtar Donetsk), Gabriel Jesus (Manchester City), Neymar (PSG), Douglas Costa (Juventus), Diego Souza (Sport).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.