Sérgio Moraes/Reuters
Sérgio Moraes/Reuters

Comissão técnica da seleção verá 15 jogos da Copa das Confederações na Rússia

Partidas da primeira fase serão assistidas por analistas de desempenho; decisão vai ser acompanhada por Tite

Estadão Conteúdo

16 Junho 2017 | 15h54

O Brasil pode estar fora da Copa das Confederações, mas a comissão técnica da seleção terá muito trabalho na competição. Nesta sexta-feira, 16, a CBF anunciou que 15 dos 16 jogos do torneio na Rússia, que começará neste sábado, serão acompanhados in loco por seus profissionais.

Na primeira fase, as partidas serão assistidas por analistas de desempenho do Centro de Pesquisa e Análise (CPA) da CBF. Fernando Lázaro e Thomaz Araújo vão acompanhar todas as 12 partidas deste estágio da competição, umas juntos, outras separados, já que alguns destes jogos aconteceram simultaneamente.

Nas fase mata-mata, será a vez do técnico Tite e do coordenador de seleções Edu Gaspar assumirem a função de observar as seleções. Os dois estarão juntos nas duas semifinais, dias 28 e 29 de junho, e na grande decisão do torneio, em 2 de julho. Assim, a única partida que não será acompanhada por nenhum profissional da CBF será a decisão do terceiro lugar, também no dia 2.

Para acompanhar a Copa das Confederações, Fernando Lázaro e Thomaz Araújo viajaram para a Rússia direto de Melbourne, onde a seleção disputou os amistosos contra Argentina e Austrália. Já Tite e Edu retornaram ao Brasil e devem chegar ao país europeu às vésperas das semifinais do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

0 Comentários

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.